Dicas para ententer crianças presas em casa
CAIXA DE BRINQUEDOS de João Anzanello Carrascoza e ilustrações de Larissa Ribeiro, da Edições SM, reúne 10 contos curtinhos sobre infância, sentimentos e situações que meninos (e meninas) passam, como: solidão, medo do escuro, contar uma mentira e se sentir mal depois, mudar de cidade e ter que fazer novos amigos, entre outros.

O primeiro conto pra mim é o mais bonito. É a história de um guri que tem medo do escuro e não consegue pegar no sono. Então pega o caderno e uma caixa de giz de cera e desenha um sol. Já se sente melhor. E vai desenhando as coisas, como se fosse um Deus criando o universo. Até no sétimo dia sorrir e poder dormir pois não havia mais escuridão, nem estava sozinho. Fofo e bonito.

Outro conto é sobre um guri que se muda e não se sente mais em casa, tudo é estranho, quando a mãe vai conhecer a vizinha, ele, pouco a pouco, consegue sair de baixo da sua saia e conhecer essa nova casa.  

Um dos contos é sobre mentir. Como o garoto não quis dizer ao amigo o motivo de não ter ido na festa dele, no dia anterior. Então ele inventou uma mentira, e a partir daí, não conseguia mais para de mentir. E como isso o fazia sentir ruim. 

 Enfim um olhar sensível e poético sobre a infância. Leitura gostosa para as kids e um pouco nostálgica para os pais. A leitura aquece o coração. Amamos as ilustrações que são coloridas e poéticas também.
Fica a dica. 

FUROS de Cecilie Bergame e é outro livro que chegou Edições SM e ficamos muito encantadas! Parece que estamos dentro de um sonho.

 O pequeno homem mora numa cidade cinza. Tudo que ele tem está cheio de furos.

O seu único prazer é conversar com seu amigo de estimação, um peixinho.

Um dia conversando, os dois descobrem que nunca viram o mar

e partem numa aventura. Muito lindo e poético.

Parece que estamos lendo e dentro de o sonho de alguém. Nostálgico e melancólico.
Uma história sobre solidão e encontro. Bem bonita.

ATIVIDADE:
Pra trabalhar com kids:

Recortar vários objetos e pessoas de revistas. Separar paisagens de revistas também. Fazer uma colagem. Depois de todas prontas, trocar com o colega do lado. Agora escrever uma história ou redação sobre a cena que o amigo fez. Em seguida devolva as duas coisas (texto e imagem) e veja se foi o que seu amigo imaginou. Fazer um texto sobre o próprio trabalho. 
Se forem crianças pequenas, podem inventar histórias em conjunto e em voz alta. 

Adoramos.
Recebemos a coleção super fofa da Salamandra. São 4 livros, dois reeditados. 

Coisinhas à toa que deixam a gente feliz: receber uma coleção inteira de livros com frases que fazem a gente sorrir por dentro e por fora! O que faz você Feliz? Acordar com cheiro de café ou de pão novinho? Abraço dos filhos depois de um dia cansativo? Almoço de domingo com a família? Brigadeiro na panela? Meias quentinhas? Quantas coisas boas você consegue pensar? Livros com frases rimadas e curtas pra lembrarmos o quão simples e especial é a nossa vida. Fica a dica!

Os dois livros do Otávio Roth foram impressos pela primeira vez em 1994 por outra editora e com outro ilustrador.
Agora reeditados pela Salamandra e com as ilustrações da Mariana Massarani, os livros ficaram ainda mais divertidos e lindos.

Cada um vem com duas surpresas: na primeira guarda vem um jogo e na segunda uma atividade pra criança pensar e completar.
Este é um jogo da memória.

O livro é recheado de coisas que aquecem o coração.

Coisas que deixam qualquer um, adulto ou criança, feliz.
Coisas simples.

A coleção toda é fofa.

E as kids quem a leem, ficam fazendo sim com a cabeça. É muito legal de observar.

Como são poucas palavras por páginas, é ótimo pras kids que estão começando a ler sozinhas.

Olha a edição anterior. (Fonte: http://amigasdaedu.blogspot.com.br/2014/03/hoje-e-dia-de-poesia-texto-livro-e.html)

E pra completar a coleção, a Ruth Rocha escreveu mais dois livros.
Com muito mais coisas boas pra gente ler.


Acabar um bom livro é uma das minhas favoritas.

Depois do abraçar alguém!

Pergunto: O que te deixa feliz?

Um convite para parar e pensarmos no nosso dia a dia, nas coisas que vivemos e vemos, além do trânsito louco, das filas intermináveis, do nosso trabalho quase que mecânico.

Quais experiências realmente são especiais, embora simples?
Fica a dica.

Como já falei... Neste vem um quebra-cabeça.

No verso, basta recortar seguindo as linhas no verso.

O dia foi ruim? As kids reclamaram da escola, dos colegas? Vamos parar e recaptular: o que teve de bom? Quais os pingos de coisinhas felizes que aconteceram durante o dia?

Olá! Aqui é o Cássio e hoje eu falarei sobre um novo livro que recebemos:

O Livro do Cinema!

 ANO: 2015
COLABORADORES: Danny Leigh, Louis Baxter, John Farndon, Kieran Grant, Damon Wise.
EDITORA: GLOBO LIVROS
PÁGINAS: 352
GÊNERO: Informativo.

O Livro do Cinema é um livro que recomenda vários filmes, feitos entre 1902 e 2014, para o público, contando a história da sétima arte no processo.

 Ele mostra com detalhes quem produziu o filme, uma sinopse e algumas variações sobre o universo do filme e como ele mudou o cinema de alguma forma. 

Isso com imagens, pôsteres e mostrando os atores, diretores, etc.

Além de contar a história deles.

O livro tem informações de mais de 120 filmes,

 desde A Viagem à Lua até Boyhood. O livro é bem legal e me mostrou filmes novos, que eu irei assistir com certeza, além de me mostrar sobre filmes que eu já assisti e falar quão bons eles realmente são.

Recomendo bastante esse filme, quer dizer, livro.
Já fizemos a lista dos filmes que iremos ver no feriado que se aproxima.
Na Netflix tem vários. 

Já falei pra vocês que amo as ilustrações da Margarida Botelho, né?! São tão vivas! 
 
Nós temos (agora) os três livros dela publicados pelas @paulinasbrasil. EVA estava na minha #wishlist há tempos... É o primeiro livro da série POKKA POKANI, da coleção Além-Mar. 

 
O livro aborda as diferenças sociais em diferentes partes do mundo. 

Num lado o livro começa com uma menina EVA que mora em um centro urbano com todas as facilidades: água encanada, escola moderna, 

computadores e outros eletrônicos, uma casa cheias de eletrodomésticos e uma família com renda e poder aquisitivo. 

Ao virarmos o livro, conhecemos outra EVA que mora numa aldeia, do outro lado do mundo. A água é escassa, 

a escola é pobre (não há carteiras, nem cadeiras, nem computadores ou laboratórios), a casa não tem quase nada, não há brinquedos comprados, só os feitos com sucata, não há supermercados, comem frutas do pé. 

No meio do livro as duas EVAs se encontram e há um jogo (de verdade) que o leitor brinca, ao abrir as páginas (abas) do meio do livro. Eu amo essa coleção. 

Ótima para trabalhar com crianças e mostrar que temos sorte de nascer num lar confortável e de ter tudo que a gente tem. Mostra realidades completamente diferentes das nossas ou com algumas coisas em comum.  E basta caminhar um pouco dentro da nossa própria cidade para encontramos vários tipos de EVAs, nem precisa ir muito longe (só do outro lado do planeta) a realidade do nosso lado pode ser completamente diferente da nossa. Extremamente necessário nas escolas de hoje em dia.

Dá pra viajar no livro. Muuito rico. O texto é simples, mas é pra fazer a criança preencher as lacunas da vida. Fica a dica! 

Suuuuper recomendamos!
Eu, Gi, amava ver o desenho animado dos Smurfs, quando eu era pequena. E esse mês estreou nos cinemas brasileiros o terceiro longa-metragem da série: OS SMURFS E A VILA PERDIDA da Sony Pictures Brasil.
 
Recebemos alguns convites da Espaco Z para assistir! ❤
Hoje temos a @casadeleitores de volta ao blog! A Sil foi com os trigêmeos ver SMURFS E A VILA PERDIDA!
Olha só o que ela nos contou:
"Engana-se quem acha que se trata de um simples filme infantil. 
Os Smufs trata verdades universais como o poder da transformação que o amor, o acolhimento e a amizade pode trazer às pessoas.

 A escolha do que é certo, ainda mais se tratando de fazer o bem mesmo sendo pra "aqueeeela" pessoa que não merece. Kkkk 

Eu sou fã dos pequeninos azuis desde minha infância (agora me entreguei kkkk) e o filme fez jus a minha expectativa. Trouxe também aquele gostinho gostoso de reviver momentos de magia e encanto infantil. 
Meu filho gargalhava em cenas hilárias do Desastrado, Robusto e Gênio. 

Realmente um filme que vale a pena assistir em família! ;)"


A Márcia do @Boaleiturabomapetite tb foi!

Sinopse oficial: "Smurfette não está contente: ela começa a perceber que todos os homens do vilarejo dos Smurfs têm uma função precisa na comunidade, menos ela. Indignada, ela parte em busca de novas descobertas, e conhece uma Floresta Encantada, com diversas criaturas mágicas. Enquanto isso, o vilão Gargamel segue os seus passos." O filme é pra toda família e aposta muito na comédia pastelão (tombos, batidas Como nos velhos filmes do Gordo e o Magro e Charlie Chaplin). Um spoiler: vai ter uma nova menina!!!

A Smurf-Magnólia! Uhuuuuu! 

Já estamos em ABRIL!!! As férias já estão longe, mas adoraríamos saber que livros as Kids mais amaram ler nessas férias? Começo falando da Ceci. Ela leu e releu esse da OQO editoras.❤️ 


Conta a história de um rei que adorava charadas e propôs uma para seus súditos. Quem errasse, ia preso. Acontece que um carvoeiro tinha uma filha que também amava adivinhas! Ela contou pro seu pai a resposta e o rei ficou impressionado e quis conhecê-la. 

Porém, ele ordenou: "Que venha ao palácio... Nem a pé nem a cavalo, nem despida nem vestida, nem com ofertas nem com as mãos vazias!" Será que a moça vai conseguir? 

Numa parte ele diz que a palavra dele sempre vai ser maior que a dela. Uma coisa machista. Mas depois ele humildemente se dá conta que foi um estúpido ao falar isso. E a palavra dos dois passa a valer a mesma coisa. O final é uma linda história de amor! Fica a dica. 


OVOS COZIDOS com texto de Marisa Núnēz e ilustrações lindas de Teresa Lima.

Me conta o que leram por aí?


Vamos dar continuidade as resenhas de livros para desconstruir a imagem que é passada para as meninas.
HISTÓRIAS DE NINAR PARA GAROTAS REBELDES - 100 FÁBULAS SOBRE MULHERES EXTRAORDINÁRIAS de Elena Favilli e Francesca Cavallo, com diversas ilustradoras diferentes, da V&R Editoras. 
Aquele tipo de livro MUSTA HAVE na sua bilioteca.
Ceci está encantada com esse livro.

 Ela começa a ler sobre várias mulheres, de várias nacionalidades diferentes e corre pro Google, para saber mais. Hoje levou-o pra escola, para mostrar para as amigas que PRECISAM lê-lo também.

 No final tem espaço pra guria escrever a sua própria biografia e fazer um auto-retrato. Legal, né?!
E o mais interessante é que fala sobre também sobre gurias comuns que tiveram ideias maravilhosas para ajudarem o próximo. Recheado de bons exemplos de como ser forte, não desistir apesar do que dizem pra você e sempre lutar por aquilo que se acredita.  
Compramos na Amazon em promoção, no dia do consumidor. Suuuuper recomendamos para TODAS as crianças. 
Na escola estudam a história, (nos didáticos não há nada sobre elas) mas apagam as mulheres. Esse tipo de publicação ajuda no resgate delas.
Biografias de uma página e uma ilustração da mulher em questão, por diferentes artistas, mais uma frase importante dita por ela. Leitura rápida para atiçar a curiosidade.


Na mesma linha que o livro acima, só que em inglês:

WOMEN IN SCIENCE - 50 FEARLESS PIONEERS WHO CHANGED THE WORLD de Rachel Ignotofsky. Fala da história de 50 mulheres cientistas (e mais algumas pq no final do livro há uma listinha com mais nomes)

que mudaram nossas vidas de um jeito ou outro. 

Comemora Mostra as contribuições científicas brilhantes das mulheres da Hypatia à moderna Maryam Mirzakhani. "As mulheres neste livro tiveram que lutar contra esses estereótipos para terem as carreiras que eles queriam. Eles quebraram as regras, publicadas sob pseudônimos, e trabalharam para o amor de aprender sozinho. 

Quando os outros duvidavam de suas habilidades, tinham de acreditar em si mesmos... A criatividade, a persistência e o amor à descoberta eram as melhores ferramentas que essas mulheres tinham. " 

Agora fala a verdade: quantas mulheres cientistas você consegue citar de cabeça? Marie Curie e quantas mais? Te peguei, né? Da Ten Speed Press.
Já temos a versão traduzida, AQUI.

Outro livro muiiito legal é CHAPEUZINHO ESFARRAPADO - E OUTROS CONTOS FEMINISTAS DO FOLCLORE MUNDIAL de Ethel Johnston Phelps (Org.), com tradução de Julia Romeu e ilustrações de Bárbara Malagoli

Clique AQUI, para ver o post completo do livro.


Outro livro interessante é
VIOLETA PARRA de coleção ANTIPRINCESAS #2, de Nadia Fink e Pitu Saá, editora  Sur (Chirimbote).

Ela era compositora, cantora e artista plástica chilena, considerada a mais importante folclorista e fundadora da música popular chilena. Lutou muito pelo reconhecimento do folclore chileno no seu país e no mundo.


Aqui em casa amamos as músicas dela.

Ela foi internacionalmente reconhecida ainda em vida, viajou o mundo. Mas não ganhou muito dinheiro. Inclusive era muito pobre.

Além de música fazia cerâmica,  e fazia painéis bordados lindos. Embora uma excelente artista, sempre colocou a arte como prioridade e não foi uma boa mãe, inclusive numa turnê em Paris, recebeu a notícia que sua filha tinha morrido de pneumonia.

Ela é um exemplo de mulher que lutou muito pelos seus sonhos e pelo seu país. Violeta pode ser considerada a 'mãe' da canção política que luta pelos oprimidos e explorados, da música em prol de uma revolução, em prol do povo.

Para ouvi-la cantar, clique AQUI.

GRACE O´MALLEY - A PIRATA INVENCÍVEL de Heloísa Prieto e Victor Scatolin, com ilustrações de Angelo Abu. Editora SM.

Em 1530 nasceu uma menina corajosa e destemida que queria ser algo diferente da mãe (dona de casa). Ela era apaixonada pelo mar. Ela queria ser pirata, como o pai. Claro que ele não gostou nada da ideia, mas de tanto que ela insistiu, deixou e não se arrependeu. 

Chegou até a liderar um exército de 200 homens. Poliglota, eximia navegadora e estrategista militar, como vivia no mar, teve vários tutores. Casou-se duas vezes e teve 4 filhos. 
Como foi pioneira, teve sonetos, canções e poemas feitos em sua homenagem. O livro traz alguns deles e ainda links e biografias com mais referências. 
Uma história real, ótimo pra mostrar para as gurias que elas podem ser tudo que elas quiserem. Basta ter força, vontade, acreditar em si mesma e não desistir nunca.
 Para conhecer um pouco mais da vida dela, clique AQUI.

Os outros dois posts da nossa série para empoderar meninas:
POST 1 e POST 2.