Dicas para ententer crianças presas em casa
As férias estão aí, faltam praticamente 3 dias!

Vou dar uma dica, pras férias da família. Na Pós Livros (veja AQUI), na aula da Lenice Bueno, lemos o livro UMA IDEIA TODA AZUL, da Marina Colasanti, Global editora. 

Só que o livro, que é liiindo, mas curtinho, deixou o gosto de quero mais!!!

 E a @waniakarolis, nos mostrou o livro MARINA COLASANTI- MAIS DE 100 HISTÓRIAS MARAVILHOSAS, também da Global editora. Pois, claro que eu quis o livro! 

O livro reúne todos os contos maravilhosos (de fada), da Marina.
 Linguagem poética na escrita e nas ilustrações (da própria Marina Colasanti!). 

Num tempo antigo, onde tudo podia acontecer, uma doceira perde, sem perceber, a mão esquerda, dentro da massa do pão;
uma moça troca de lugar com uma boneca de cera e ninguém percebe; uma moça acorda sem reflexo no espelho; um cavalo é virado de dentro pra fora; um rei tranca uma ideia maravilhosa num quarto, pra ninguém descobri-la; o Tempo está cansado de levar o mundo nas costas; uma princesa triste ganha uma barba cacheada; um bordado lindo vira uma prisão;

um homem recebe um chamado num sonho;

 uma sombra de árvore fica magoada e foge;

uma moça tece para si, um marido;

um rei deseja uma criatura metade cervo e metade mulher; 

 ... Centenas de contos de fada maravilhosos esperam o leitor!

São mais de 3 décadas de histórias! São 9 livros reeditados e mais um inédito, todos juntos nesta belíssima edição.

E tem "Plus a mais!" Hehehe.

 Escrito por uma mulher, são contos de fada que não se passam no Brasil (pois são atemporais), mas totalmente brasileiros! Literatura nacional, para todas as idades, do mais alto nível!

 Sua família merece ouvir, ler e se encantar com estas histórias!

 As férias estão chegando! Vamos ler juntos?

Pra comprar em promoção: https://amzn.to/2Fv27Hw
Semana passada estive na casa de uns amigos que têm kids pequenas.

 Minha primeira pergunta é sempre: Qual seu livro favorito (do momento)? Lá fui eu pra estante delas, estrategicamente colocada onde ela, Laura,(e eu) pode alcançar todos os livros facilmente, e de lá separou alguns pra ler pra mim. 

O primeiro que escolheu foi BIA E O ELEFANTE, da Carolina Moreyra e do Odilon Moraes, colorido pelo Maurício Paraguassú, da Jujuba editora , que ela recebeu pelo clube de assinatura Leiturinha, agora, em 2019. Mas a editora me informou que será lançado para o grande público no segundo semestre de 2019. 

 Um livro cartonado, que conta a história de dois amigos que vivem juntos: a Bia, que é uma coelha e o Elefante (que é um elefante😂). 

A Bia ama acordar cedo e pular por aí, o Elefante, já não quer nem sair da cama. Ela fica triste ao sair do parquinho, ele ama chegar em casa. Ele come tudo no prato e sai da mesa depressa. Ela nem toca na comida e fica só, na mesa. 

 A história mostra a rotina de dois amigos que compartilham e convivem, embora nem sempre sentem a mesma coisa, fazendo a mesma atividade, mas nem por isso, deixam de ser super amigos. 
Fala de diferenças, contrastes,  

 Um livro cartonado brasileiro, fofo, delicado e cheio de sutilezas. 
 Amei. Já quero pra mim também!
Para ver a primeira parte do post, clique (AQUI).

Achei que já tivesse feito o post da fantasia toda.

Mas não. Não tinha feito da parte de cima. Vamos lá!

Comecei fazendo o "tecido" de papel contact transparente e um livro velho e comprei num sebo pra isso.
Estendi o contact com a parte que cola pra cima e fui colocando as folhas que eu achava mais bonitas. Lembrando que você está vendo o verso do tecido. Tem que procurar colocar as folhas mais bonitas viradas pra cola do papel contact. 

 Depois peguei um top meu que eu gostava. E fiz os moldes com o papel que tirava do papel contact que eu estava usando.

No final ficou assim, meu molde.
Todas as peças eu fiz um pouco maiores que a do original, lembrando que o meu "tecido" vai ser mais duro e grosso, vai precisa de mais espaço pra costura.
A peça número 1 é a mais larga, uma vai sobrepor a outra e fecharei o top com velcro.

Desenhei as peças na parte das folhas do livro, não no lado do papel contact.

 Uma foto mais de pertinho pra vocês verem como ficou. Lembrando de deixar ainda 1 cm de margem depois do contorno em preto. 

Montei todo conjunto do avesso e com fita adesiva. Não usei alfinetes como fiz com a outra peça. Assim as costuras já ficaram mais reforçadas. 

 Fui pra máquina de costura.

Pedi pra Ceci marcar onde as peças número 1 se cruzavam, pra ficar bem justo ao corpo. Puxei um pouco pra cima, na foto, pra vocês verem que a de baixo ficou quase um palmo (da minha mão que é pequena), pra dentro. Cortei o excesso, meio palmo, mas não muito.

Costurei o velcro na máquina também. A parte dos ganchinhos costurei na peça número 1 de baixo, na parte do papel contact. A parte fofinha do velcro costurei na peça número 1 de cima, na parte das folhas do livro. Pra caso entrar em contato com minha pele, não me machuque ou arranhe. 

Ah! dobrei toda as pontas pra dentro e costurei. Lembra que o papel pode cortar, e na hora de pular o carnaval, não posso estar afiada! Hehehe, preciso de conforto.

Como sobrou um pedaço do "tecido" de contact, fiz uma asa de borboleta/livro e costurei nas costas.

 Pro cabelo: recortei retângulos e dobrei ao meio. Rasguei pétalas de folhas, com as mãos mesmos e colei tudo com cola quente.
Depois colei o arranjo numa tiara preta. 

Ah! Ainda achei uma imagem de um bonequinho lendo e cortei em forma de distintivo. Passei papel contact transparente e colei na frente da roupa.

Deu um trabalhão... E advinha! Choveu no carnaval. Não usei a fantasia...

Quem fizer me marca!
Pra que fazer o fácil, se dá pra fazer o difícil?

  Isso é tão comum quando as kids estão virando teens, não é? Qual a IDADE que eles começam a ser mais DIFÍCEIS? Parece que é da noite pro dia! Tudo é difícil, tudo é contestação, tudo é infantil de mais, tudo é sacrifício! Por quê?


TERRA DA DIFICULIDADE, de Fernanda de Oliveira e Caetano Cury, da editora Trilha educacional.

 Donaldo é um guri do interior que adora pescar. Uma vez, na beira do rio, viu chegar 3 sujeitos muito diferentes, 

num protótipo de barco. Morrendo de curiosidade, o guri embarca junto até a terra da dificulIdade: onde tudo é mais difícil, cheio de antagonismos e complicado.

 Logo o guri se vê mergulhado neste novo mundo e, pouco a pouco, vai ficando com raiva até explodir e se dar conta (não vou dar spoiler), de que a vida não precisa ser assim. As ilustrações do Caetano são delicadas e divertidas. Dão mais brilho pra história especial da Fernanda de Oliveira (canal da Fê Feliz, no Youtube). 

 Um livro sobre aprender a crescer com menos dificulIdade! Hehehe.

Perfeito pra ler à noite, pedacinhos, antes de dormir. 
  Recomendo pras kids de 6-11 anos. 
Mas claro, não só pra eles, todos estão convidados à conhecer esta #terradadificulidade!

Pra comprar: https://amzn.to/2N8napK
TUDOUMPEDAÇO de Cristina Bellemo e André da Loba, da Movimenta editora, antiga MOV Palavras.

 Este é um daqueles livros que nos desestabiliza.

É a história de uma pessoa super fechada, que não divide nada seu com ninguém. 
Inclusive, não chora, nem faz xixi, nem cocô, pra não perder nenhuma parte sua. 

 Imagina! Essa pessoa acha que é super importante não perder, nem dar nada. 

Importante ser SUPER inteiro.

 Acontece que a vida não concorda com isso, e, um dia, ele, desatento (uau! Perdeu a atenção!) perde o equilíbrio (uau! Perdeu mais uma coisa!).

 E cai num buraco! Claro que não vou falar o que acontece em seguida, mas a vida dele muda pra sempre. E o final mexe com a gente, levanta algumas questões.

E tem um final aberto, surreal! As kids piram! É pra refletir, é pra conversar, é pra provocar! É pra ler e reler!
Aceitas o convite? 

Pra comprar: https://amzn.to/2xb9wHs
Olá! Aqui é o Rodrigo de novo, o irmão nerd da Gisele.


Hoje vou falar sobre “A Princesa Prometida”, de William Goldman, da editora Intrínseca. Na verdade, segundo o autor, o livro nem é dele, ele só editou o livro para deixá-lo mais acessível. A introdução fala sobre a infância de William, mais precisamente da vez que ele ficou doente e o seu pai resolveu ler um livro clássico de seu país enquanto ele estava de cama.


Para quem não gostava de ler e achava tudo uma chatice, foi um momento mágico e transformador ouvir uma estória de “Esgrima. Luta. Tortura. Veneno. Amor verdadeiro. Ódio. Vingança. Gigantes. Caçadores. Homens maus. Homens bons. As moças mais bonitas. Cobras. Aranhas. Criaturas de todos os tipos. Sofrimento. Morte. Homens corajosos. Homens covardes. Os homens mais fortes. Perseguições. Fugas. Mentiras. Verdades. Paixões. Milagres.” Anos após ficar maravilhado pela estória lida por seu pai, ele decide comprar o livro para seu filho, que não consegue passar do primeiro capítulo por ser tão chato. Como assim?!?! Com todas as aventuras e emoções, como pode ser chato? Ele, então, resolve ler pela primeira vez e percebe que seu pai só lia as partes legais, pulando páginas e mais páginas de coisas lentas e que não serviam para nada. A partir daí, resolve fazer uma versão só com “as partes boas.”


A estória se passa no país de Florin e começa com a mulher mais bonita da História, Buttercup, ainda adolescente, que se descobre apaixonada pelo garoto, Westley, que trabalha em sua fazenda. Ao se declarar, ela descobre que o sentimento é mútuo, mas que ele precisa partir para a América para fazer dinheiro e poder oferecer a vida que ela merece. Anos passam sem notícias dele, até que o lorde da região a conhece e decide se casar com ela. Ela avisa que seu amor é para outro homem, mas ele não se importa. Buttercup espera o retorno de seu amado até o dia do casamento, mas nem sinal dele. Após a cerimônia do casamento, a princesa é sequestrada por um trio de bandidos: o mais inteligente, o mais forte e o melhor espadachim da Europa. Tudo parte de um plano para começar uma guerra com o país vizinho. Mas eles não contavam com perseguição do homem de preto! Se eu falar qualquer coisa a mais sobre a estória, vou revelar demais e tirar a surpresa de quem vai ler. E no final ainda tem o primeiro capítulo de uma suposta continuação!


É um livro muito bacana, de leitura agradável e que pode ser lido em qualquer idade. Tem romance para que gosta, tem duelos para quem prefere emoção. Muitas reviravoltas, surpresas e a prova de que o amor verdadeiro supera qualquer desafio. O autor fez uma versão só com as partes boas para que todo mundo pudesse ler. Mas se você tem preguiça ou precisa de um pouco mais depois de terminar, tem um filme também. 

 “A princesa prometida é uma história fictícia baseada num livro fictício sobre supostos fatos históricos passados numa cidade que nunca existiu.”

Um clássico da sessão da tarde!
Quem acompanha as tirinhas de Andrew Tsyaston nas redes sociais? @shencomix!!!

Agora elas foram publicadas num livro super divertido, da editora Seguinte (o selo jovem da Companhia das Letras).

Não é nada fácil crescer e encarar a vida de frente! Internet, raiva, tristeza, frustração, falta de dinheiro, vergonhas, arrependimentos,

vícios (

Netflix, vídeo game e muito café), expectativa de vida, morte, consumo e

memória, são alguns dos temas explorados neste livro.

Sucesso com teens e recém adultos, que vivem isso tudo misturado.

Leitura rápida e descomplicada, perfeita pro final de semana.

Pra rir e compartilhar com os amigos.

boa leitura!

Pra comprar: https://amzn.to/2Nan4hs