Dicas para ententer crianças presas em casa



2º Panorama sobre Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas: Onde estamos e para onde vamos?

Realizado pelo Instituto de Leitura Quindim o "2º Panorama sobre Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas no Brasil: onde estamos e para onde vamos?" vai trazer questões pertinentes ao momento que o livro e sua cadeia produtiva estão atravessando.
O Kids Indoors estará presente falando sobre o papel dos influenciadores digitais e colaborando com a divulgação.


Confira a programação:
Programação: Dia 08/11 - sexta-feira
10h- Cadastramento
10h30min – Marcos regulatórios – Onde avançamos e o que anda está em construção?
11h30min – Um território leitor – Como as políticas públicas reverberam nos municípios?
14h – Como o mercado livreiro se comportou nos últimos dez anos e qual o futuro para os próximos cinco anos?
15h – Quais os caminhos para enfrentar a crise no mercado editorial?
16h – O livro é uma tecnologia. Mas como a tecnologia e suas múltiplas plataformas podem ajudar o mercado editorial?
17h – O crescimento das editoras independentes, dos coletivos e das autopublicações
18h – Coquetel e sarau literário

Público: professores, bibliotecários, mediadores da leitura, escritores, editores e outros interessados. 

Dia 09/11 - sábado
10h – Cadastramento
10h30min – Mesa AGES/AEILIJ – Conversa com quem faz leitores
11h30min – Os caminhos para os escritores do Rio Grande do Sul ultrapassarem as fronteiras? Seguido de sessão de autógrafos
14h- A promoção da leitura na era da Comunicação Digital
15h – Biblioteca pública na contemporaneidade- Qual seu papel na sociedade?
16h – Cortem as cabeças! Queimem as bruxas! A censura na literatura
17h – Um por todos e todos por um Brasil de leitores

Local: Auditório do MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul - Praça da Alfândega s/nº - Porto Alegre
ENTRADA FRANCA
Apoio cultural: 65º Feira do Livro de Porto Alegre, Metabooks Brasil, Balcão Balcão, AGES, Famurs, Prefácio Consultoria Literária e Kids Indoors. Mais informações: (54) 3211.2541/WhatsApp (54) 99905.4255/E-mail institutodeleituraquindim@gmail.com








Bom dia!
Ontem de manhã fomos convidadas para a cabine de imprensa da Disney.

Em Brasília fomos no Cinemark do Píer 21.



Em Porto Alegre, fomos no Cinemark do Barra Shopping Sul.
Vem, Lucas, vem que as meninas vão te apertar!!!


“Link Perdido é um termo não científico para fósseis em transição. É frequentemente usado na ciência popular e na mídia para qualquer nova forma de transição. O termo surgiu para descrever a forma intermediária hipotética na série evolutiva de ancestrais antropóides de humanos anatomicamente modernos (hominização). O termo foi influenciado pela teoria evolucionária pré-darwiniana da Grande Cadeia do Ser e pela noção (ortogênese) de que organismos simples são mais primitivos que organismos complexos."(Fonte Wikipédia)

É justamente o que, em 1886, Sir Lionel Frost, quer achar, na nova animação, que alia stop motion e computação gráfica, da Disney e estúdio Laika.
Sir Frost é um aventureiro inglês que quer muito entrar em um clube para grandes caçadores e aventureiros conservadores:"Sociedade dos Grandes Homens", liderada pelo rival de Frost, Lord Piggot-Dunceby. Porém ele é sempre ridicularizado, pois, embora viva grandes aventuras atrás de seres únicos (como por exemplo, O monstro do lago Ness, ou uma sereia perdida de Atlântida), ele nunca consegue provar que eles existem (sempre dá algo errado e a máquina fotográfica quebra, por exemplo) de fato..

Só que um dia, ele recebe uma carta, onde alguém diz que encontrou um o Link perdido - um ser que seria a ligação entre os macacos e o homem moderno. E a carta dizia mais: que quem escreveu acreditava muito nas histórias e capacidade do Frost. Envaidecido, ele vai até o clube dos grandes aventureiros ingleses pra dizer que está partindo em busca do Link, mas é ridicularizado. Bravo, faz uma aposta de que ele não só traria a prova, como teriam que aceitá-lo como membro no clube. Contra vontade, o presidente aceita, mas decide garantir que Sir Frost não consiga.

Ao partir para encontrar a pessoa que enviou a carta, no meio de uma floresta, o espera um verdadeiro Sasquatch (pé-grande), que confessa ser o remetente da carta. Sir Frost começa a chamá-lo de Sr. Link. Este pede a ajuda de Frost para encontrar seus parentes, os Yetis, no Himalaia. Sir Frost concorda em ajudá-lo, mas desconhece o fato de Piggot-Dunceby ter contratado um caçador de recompensas chamado Willard Stenk para rastrear Frost e matá-lo, garantindo que as visões conservadoras pró-imperialistas da sociedade permaneçam incontestadas.

Muito egocêntrico, Sir Frost começa a aventura só pensando em si, mas a medida que o filme se desenrola, e com a ajuda da amiga, Adelina Fortnight, e do Sr. Link, ele descobrirá que a vida é muito maior que seu próprio umbigo.


Uma filme hipnotizante. Sabendo se trata de elementos animados quadro a quadro, a gente fica prestando atenção nos detalhes. Todas as miniaturas são perfeitas, as tramas dos tecidos das roupas, as folhas das árvores, as casas, tudo é maravilhoso.
Todos gostamos, adultos e crianças. Os personagens são muito bem construídos, o Link é encantador, representa tudo de puro que existe no ser humano, já o Sr. Frost, mesmo sendo uma boa pessoa, é imaturo e precisará da ajuda dos amigos para crescer emocionalmente. Adelina é sensata e se mostra uma mulher avançada e corajosa.
O Lucas, com quatro anos, conseguiu acompanhar bem o filme, pedindo explicações em alguns momentos.
Super recomendado, vamos assistir de novo por que os filhos
gostam de repetir e a gente quer prestar mais atenção na animação. Duração: 94 minutos

E a oficina foi um sucesso!

Minha mesa não é grande e como trabalhamos com várias técnicas que exigem muito papel, tesoura, cola e dobras, cada pessoa precisa de muito espaço. Só cabem 5, por enquanto!

O objetivo das nossas oficinas é mostrar que a literatura é uma forma de criar conexão, afeto e aprendizagem. Por isso desenvolvemos um método para mediadores de leitura, professores, bibliotecários e mães/pais a criarem livros para estimularem a criatividade das crianças, o seu engajamento com suas atividades e um tempo fora das telas. 

A partir de atividades - que só precisam de papel, tesoura e cola,

você irá aprender formas criativas e divertidas de produzir livros em formatos inusitados e muito criativos, que o apoiarão a: desenvolver atividades dinâmicas e criativas com suas turmas, aumentar atenção e engajamento dos seus alunos, estimular a criatividade, o letramento e a coordenação dos seus filhos.


Que felicidade!
 A segunda turma de livros artesanais foi maravilhosa. Rimos muito e trabalhamos muito também!  Hoje foram 5 modelos de livros e muiiitas possibilidades de histórias e usos (como para estimular a escrita criativa, aprender as letras, as cores, os sentimentos, trabalhar as diferenças e o convívio social, a empatia, muita observação da natureza, entre outros assuntos).


E muita imaginação! Claro que teve muitas indicações de livros de literatura infantil e informativos.


Teve café, bolo, suco e, como o Kids Indoors é um lugar "mãe friendly", as mães podem trazer seus filhos para curtirem o pátio (os diferentes passarinhos, os insetos e os vagalumes e hoje fizeram uma horta imaginária!Ah! Teve sacolé feito em casa também), jogos educativos e nossa biblioteca. 

As mães podem fazer o curso tranquilamente.
E o mais legal de tudo é que já recebi feedback das alunas que já trabalharam os livros que fizemos com suas próprias kids e em sala de aula, com alunos das educação infantil! Muito lindo isso! Nossa oficina é 100% prática! Pra você sair fazendo livros! 

E pra quem ficou com o gostinho de "quero mais!" ou "também quero!":
Já abrimos inscrição para a 3ª Turma!
Aqui em Brasília:  https://www.bit.ly/kidsindoorst3

Aguardo todos vocês!

Hoje é dia do livro e fomos presenteadas com uma baita notícia:

o Kids Indoors é finalista do Prêmio Retratos da Leitura, do Instituto Pró-livro.

Estamos concorrendo na categoria Mídia. Foram 216 inscritos em 4 categorias (mídia, cadeia produtiva, bibliotecas e organizações sociais civis) e 42 finalistas. Estamos super felizes!

No dia 4 de dezembro de 2019, os jurados escolherão, entre os finalistas, 3 ganhadores em cada uma das 4 categorias, que levarão o troféu do Prêmio. Torcendo muito!

Esta indicação já é um super reconhecimento pelo trabalho de 11 anos na formação de leitores e mediadores no Brasil. Nós, Gisele, Cathe, Carla e Márcia partilhamos a alegria com vocês, amigos e seguidores, motivo do Kids Indoors existir. Obrigada Instituto Pró Livro pela indicação. Muuiiito obrigada!



O Clube Quindim enviou no mês de outubro para seus associados da faixa leitor autônomo:
Andreia Baleia 
De David Cáli, ilustrações de Sonja Bougaeva, editora Livros da Raposa Vermelha.
Sabe aquele livro que faz a gente acreditar que a literatura transforma vidas? Este é um deles. Uma história sobre superação, bullying, autoimagem e gordofobia. Tudo isso através da fantasia e sem nenhum didatismo. Um livro para se colocar no lugar do outro, sentir suas dores e se orgulhar do processo de superação. Indispensável em escolas e bibliotecas. Para completar, ilustrações em pintura de tirar o fôlego onde as cores são usadas com maestria. Não tenho palavras suficientes para elogiar, só dizer que vai pra lista dos melhores do ano. 
O Mapa da Leitura que acompana o livro ajuda os adultos a refletir e explorar as possibilidades de texto e imagens.

Aviso de spoiler, o livro é tão lindo que não resisti e vou mostrar mais do que deveria. quem gosta muito de surpresas, pare de ler:

Andreia é chamada de baleia pelos colegas da natação pois quando mergulha espirra água pra todo lado.

Ela não gosta de nadar já que cada movimento provoca um tsunami.

 Se sente pesada, até que seu professor numa conversa, fala que para ser leve é preciso se imaginar leve.

A partir disso se vê como vários animais e vai superando os obstáculos que se apresentam ao se apropriar da imagem do próprio corpo.

Por fim, ressignifica até o apelido de baleia que tanto a incomodava no início da história.

Ah, como é mês da criança, o Clube Quindim enviou uma miniatura do seu rinoceronte aos assinantes, aqui vai fazer companhia para o irmão maior.

O Quindim é o clube de assinaturas de livros infantis que mora no nosso coração, os fundadores são especialistas em LIJ e ainda contam com a curadoria dos maiores nomes da literatura nacional. Além de todas as credencias técnicas, o clube é comprometido com a construção de uma infância saudável através de livros que carregam afeto e arte. Bem a nossa cara!!!
Você pode assinar no link abaixo