Dicas para ententer crianças presas em casa
Este mês recebemos das Paulinas um livro teórico.

LEITURAS EM CONTRAPONTO  - Novos jeitos de ler, de Sueli de Souza Cagneti.

São 11 textos da autora que foram palestras e publicados em diversas revistas e jornais, agora reunidos em um só livro.
No final ainda há uma extensa (e maravilhosa) bibliografia, pra quem quiser conhecer melhor as obras citadas ou conhecer um pouco mais da literatura infantil, juvenil e teórica sobre o assunto.

Nos diversos textos, de vários assuntos, mas com pontos em comum, a autora nos fala  um pouco da história da literatura no Brasil, e da importância da literatura infantil:

"... descobri com a criançada e também com os mais crescidos, quando uma obra apenas tagarela, enquanto outra pouco fala e tanto diz; perceber quanto de uma mesma suposta verdade se pode pensar, em confronto com aquela que um autor apresenta pronta e acabada... sentir a delícia de deixar-se levar por uma linguagem trabalhada artisticamente, comparando-a com um texto que até pode ter o que dizer, mas não sabe dizê-lo; constatar que lendo se pode criar novas verdades, como também ratificar as "de sempre" ad aeternum, porque os textos escolhidos/lidos desembocam sempre no mesmo lugar." (CAGNETI, 2017, 9)

Sabemos que existem vários tipos de livros e de leituras, a autora chama atenção para que os mediadores de leitura saibam  auxiliar os leitores para terem uma competência leitora: ler percebendo as diferenças acima mencionadas. 
Fazendo do ato de leitura, um ato consciente, já que o mundo anda tão consumista e as coisas são lidas/compradas e descartadas quase que imediatamente, sem o tempo de serem absorvidas ou pensadas de uma forma mais intensa. 
A leitura é um ato que precisa de um tempo, de observar, comparar, resgatar contextos e vivências anteriores, de procurar nas entrelinhas e de reflexão com o eu antes da leitura e o sujeito depois da leitura (estamos em constante transformação!).

Nos diversos textos Sueli também nos fala da importância da reinvenção dos clássicos contos de fada e como trazer esses contos para a realidade que vivemos hoje, fazem com que eles não sejam esquecidos:

"Mudou nosso jeito de ler, Não mudou a condição humana." (CAGNETI, 2017, 19)

Já que os contos buscam explicar o Homem e seus comportamentos, essas questões básicas não mudaram, mas sim a forma que esse Homem entende-se, reage e encara as mudanças sociais, políticas, de cidadania e tecnológicas do mundo que se transforma também cada vez mais rapidamente. E assim ele descobre que não existem verdades absolutas. Uma coisa considerada normal numa determinada época, pode ser considerado algo inaceitável em oura e vice-versa. 
Sendo assim, as princesas que pacientemente e sem fazerem mais nada na vida, esperavam um príncipe para poderem ser felizes. Hoje as princesas têm amigas, vão a luta, brigam, salvam o príncipe e até decidem que não querem ser mais princesas ou não pretendem casar, já que isso não garante felicidade alguma. Os tempos mudam, as ideias de felicidade também.

Hoje o leitor deve apropriar-se do texto. Nada mais natural que o texto apropriar-se do contexto vivido pelo leitor:

"...descobrindo-se e descobrindo o mundo é, certamente uma forma de poder." (CAGNETI, 2017, 24)

Ser um leitor não quer dizer engolir passivamente as palavras escritas de um autor ou as imagens de um ilustrador (já que podemos ler figuras também), mas sim questionar, rejeitar, pesquisar, deglutir, repensar de forma crítica o que se recebe num livro. 

A autora também dá exemplo práticos, comparando vários livros infantis brasileiros, mostrando como cada autor e ilustrador imprimiu novos conceitos e contextos em histórias que as crianças amam desde sempre. Fala de Lobato e como ele (e seus personagens) mudaram nossa forma de ver o mundo, aqui no Brasil. 

Os textos são curtos e muito diretos. Perfeitos pra quem não pode perder tempo.

Novos tempos exigem novas competências leitoras. Cabe a nós, adultos, auxiliarmos as kids a adquirir essas competências, não dizendo o que é certo ou errado, mas mostrando e indicando livros de qualidade, para que eles possam ir aos poucos discernindo o jogo do trigo. 

Ah. Claro que o livro não é só isso, falei de alguns capítulos, mas tem muito mais! Recomendo muito a leitura. ;)

Fica a dica. Boa leitura!

Ah!
A autora  SUELI DE SOUZA CAGNETI é professora, pesquisadora e escritora sobre a estética da literatura infantojuvenil e a pedagogia da leitura. Titular na Universidade da Região de Joinville há 25 anos, é mestre em Letras pela UFSC, doutora em Letras e Literatura Portuguesa pela USP e fez pós-doutorado na Itália. É professora de Pensamento Contemporâneo no Mestrado de Patrimônio Cultural e Sociedade (Univille). Membro votante da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e do Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa das Universidades de Lisboa. 
 CONTOS DE ANDERSEN. Seleção e ilustração de Lisbeth Zwerger. Editora Martins Fontes.

Eu amo este livro antiiiigo da ilustradora Lisbeth Zwerger. Ela (nascida em 1954) é uma ilustradora austríaca de livros infantis. 

Recebeu a medalha internacional Hans Christian Andersen em 1990, pela excelentes ilustrações que produz.

 Desde a publicação de seu primeiro livro, em 1977, trabalhou como ilustradora freelancer de livros ilustrados em Viena, especializando-se em contos de fadas.

 Seu estilo é semelhante ao dos ilustradores ingleses do século XIX e ela diz ser influenciada pelo trabalho de Arthur Rackham (amo).

Neste livro ela escolheu seus 11 contos de fadas favoritos e ilustrou-os, após anos de pesquisa e dedicação.

Suas ilustrações são elegantes e delicadas, mas com uma força incrível. Não há excessos. O desenho é fino e as cores sutis, nada de tons gritantes ou berrantes... Tudo aparece num tom solene.

O texto é integral, por isso dei mais ênfase nas ilustrações dela.
Delicado e lindo. Super indico.

FITÁ de Karla Tenório e Padmini, com ilustrações de Duda Coutinho. Da editora Sextante e Dummar.

Recebemos o livro e uma cartinha carinhosa da Padmini, que escreve no @Bamboleio_literatura, IG literário lindo. 

Fitá era uma estrelinha do céu que queria conhecer o universo...

Ela admirava o mar e as sereias lindas que via lá de cima.

Um dia desejou tanto que virou uma sereia e pode viver em comunhão com os seres do mar.

Mas um dia, ao subir pra superfície, ficou impressionada com a dimensão e a beleza do céu E SENTIU UMA SAUDADE!

O que fazer? Foi conversar com a sua mãe de água e fez um pedido de coração, que modificou sua vida e seu olhar para sempre.

Cada vez mais acredito que Deus, em sua infinita sabedoria, não colocou todo o conhecimento em um só lugar. 

Ele deu um pouco de sua sabedoria a cada ser. E essa sabedoria (sim estou repetindo a palavra sabedoria pra reforçar seu significado e o peso que ela tem) seria tanto maior quanto maior fossem as trocas de conhecimento entre os seres de todos os reinos. 

O amor é o nobre elemento comunicante. É através do amor que realizamos nosso propósito de existência. Quando Jesus disse "A casa de meu Pai tem muitas moradas." ele se referia a cada ser, a cada coração humano, a cada astro do universo. Tudo e todos a cumprir um propósito divino, viajando por todas as casas do Pai. 

Fitá de posse sua consciência, vai realizando seus sonhos e nós, conscientes de quem somos, usando do melhor elemento cósmico, o amor, podemos realizar os nossos.

Hoje vamos postar algumas dicas de livros sobre ecologia e modelos sustentáveis que temos aqui em casa, já que muitos professores e pais estão nos pedindo dicas de livros sobre o assunto.

 O MUNDO SUSTENTÁVEL DE JÚLIA COMEÇA EM CASA de Josi Gomes Barros, ilustrações de Cristiano Suarez e foi publicado pela @editoracab.

 A família queria tirar umas férias na praia. Então fizeram uma reunião de família e decidiram poupar para poderem viajar com tranquilidade. Cada um teria que fazer sua parte. Começaram poupando energia, mas nem sempre era fácil lembrar de apagar a luz, ou desligar a TV. 

Os pai fizeram uma lista como lembrete para as kids. Trocaram as lâmpadas, colocaram aquecedor solar, fizeram compostagem e uma horta ecológica, até com captação e armazenamento da água da chuva e 

a separação dos diversos tipos de lixo, entre outras coisinhas para economizar e ajudar a melhorar a vida neste planeta. 
Uma história ilustrada e educativa para incentivar as kids a pouparem e a pensarem no coletivo. 

Dicas e ideias para serem aplicadas em casa e nas escolas. . .
Ceci gostou bastante e já estamos lembrando mais de apagar as luzes e computadores, após o uso. 


 FÉRIAS DE JÚLIA NO SÍTIO SUSTENTÁVEL de Josi Gomes Barros e ilustrações de Cristiano Suarez, da editora CAB.  

 Colaborando com a formação de um mundo mais consciente a autora e ilustrador unem-se numa narrativa otimista sobre a importância da cooperação e harmonia entre homens e natureza para formar um sociedade melhor. 

O sítio dos avós de Julia é um modelo econômico com práticas agropecuárias sustentáveis com gestão harmoniosa, que possibilita a todos um convívio feliz. É utópico, mas possível!

O SEGREDO DO MAR tem como pano de fundo a orla marítima de Maceió. Com seus vastos coqueirais é considerada uma das mais bonitas do Brasil.

 O livro conta a história de Luma que vai passar as férias na casa de sua avó Clarice, que mora à beira de uma destas praia paradisíaca. Certo dia,

uma sereia maravilhosa surge das águas do mar e pede à ajuda de Luma para libertar Esmeralda, uma tartaruga presa numa rede de pesca… A partir desse momento, Luma percebe que há algo muito errado acontecendo naquela praia.

Um história sobre ecologia. “O Segredo do Mar”, é da Editora CAB, é o segundo livro infantil da autora Neide Gomes Barros, com lindas ilustrações de Lua Lins.

Para criar uma consciência do que é certo é do que é errado desde cedo. E lutar pra melhorar nosso planeta. Ou seja, um livro que fala de amor.


MEU PLANETA, MINHA CASA de Shirley Souza e ilustrações de Jan Limpens, da Editora do Brasil.

O livro tem uma linguagem informal, o que facilita a leitura dos teens e pré-teens. O tema é bem atual também.
A história acontece numa cidade pequena, onde chega e se instala uma industria de perfumes chamada CHEIRO DE MEL.

 Uma guria, a Blá (presidente do grêmio estudantil), inicia um movimento e começou protestar e montar um projeto contra a fabrica de produtos cosméticos que não fazia seus produtos de uma forma sustentável. 

Ao mesmo tempo um guri, Cadu, da mesma escola se opõe ao protesto da Blá. Ele apoia a instalação da indústria que vai alavancar a cidade. E ainda tem o Juba que é amigo dois dois e vai ficar no meio de todas as brigas e confusões.

Resolvem fazer um debate na escola, cada um montou o seu grupo pra expor seu lado dos fatos e o tempo inteiro ficam brigando entre si. Na verdade o final depende "certo" vai depender no que o leitor acredita.

O livro faz as kids pensarem sobre como é importante se informar, respeitar as opiniões das pessoas, mas também é igualmente importante cuidar e preservar o meio ambiente.


O PLANETA BERRA de Edgard Romanelli, da editora Moderna.

Lu está cansado de ver o mundo ser destruído pelos adultos.

Até que, navegando na Internet, acaba fazendo contato com um extraterrestre, Pru, do planeta Berra.

Os dois querem deter as guerras e estimular a solidariedade em seus planetas.

Mas o que dois garotos podem fazer para conseguir isso? Um texto divertido e original, em que os sons de nossa língua compõem um ingrediente fascinante.


AMANDA NO PAÍS DA CONSCIÊNCIA de Leonardo Mendes Cardoso e ilustrações de Fabiana Salomão, da Editora do Brasil.

Chega o dia de voltar às aulas e Amanda está ansiosa.
Só que ao chegar na aula descobre que sua melhor amiga, Lud, não foi à escola porque

está com Dengue!

Sem saber como ajudar a amiga, Amanda decide estudar esta doença e parte em busca de informações. Ao descobrir sobre os perigos da Dengue, resolve combater os males causados pelo mosquito que transmite esta e as outras doenças como zika e chikungunya. 

Este livro é informativo e traz um importante alerta sobre a importância de combatermos diariamente os meios de transmissão desses males que tanto assustam o país. O livro trabalha, ainda, temas como amizade, consciência de coletividade, meio ambiente e solidariedade. Fica a dica!

Estas são nossas dicas de hoje, mas a lista vai aumentar! Vamos atualizar, assim que as kids lerem outros livros que compramos e recebemos. Aguardem!

AQUI temos livros sobre a água.
A GARRAFA de Patricia Auerbach é um lançamento do mês de julho de 2018 da editora Brinque-Book.

Terceiro livro da série de livros-imagens da Patricia. 
Nesta história a menina que já brincou com jornal e com um lenço, descobre uma garrafa PET pequena... E logo começa a ter mil ideias!

Em que uma simples garrafa de plástico pode se transformar? Uma mangueira para apagar o fogo!

Um fazedor de bolhas gigantes!

Nariz! Focinho! Tromba! Orelhas! As possibilidades são infinitas!
O que mais você pode imaginar?
As crianças vão amar o livro. Vão ver uma garrafinha Pet com outros olhos.
E o final é de uma doçuraaaaa! O final é uma surpresa pra quem já acompanha a série de livros da autora. Muito fofo.


Nós já falamos dos outros livros da Patrícia AQUI, AQUI e AQUI.
Recebemos um exemplar da Brique-Book e outro da Distribuidora Arco-íris, daqui de Brasília... Então vai ter sorteio! Aguardem!

Em Brasília você pode encontrá-los na Arco-íris (tem desconto para professores😉)!

Contatos:

Instagram:@arcoirisdf
E-mail: arcoiris@arcoirisdf.com.br

Telefone: 61-3244-0940

Endereço: W2 Sul Quadra 509 Bloco “A” Loja 53 – Brasília/DF

 WAIT! WAIT! de Hatsue Nakawaki e ilustrações de Komako Sakai. Editora Enchanted Lion Books.

Wait! Wait! É sobre uma criança pequena que está descobrindo o mundo!

Ela tenta observar os animais e insetos, chegar beeem pertinho, tocar

e não quer que eles fujam, mas claro, que eles fogem! Rastejam, pulam,

voam, caminham, correm... E assim o bebê (com muito espanto e admiração) observa as diferenças e sutilezas de cada espécie.


Até chegar a sua vez...

Muito fofo.

Eu li o livro na Japan House da Avenida Paulista, em São Paulo.

Aqui no Brasil, a editora Pequena Zahar publicou um livro desta ilustradora (que é uma das minhas favoritas). Falamos do livro AQUI

Fica a dica!