Bom-dia, todas as cores!

Bom dia, todas as cores!!!!!!!!!!!!! 
Quem me acompanha no twitter (@kidsindoors), sabe que eu começava minhas manhãs com essa frase.

e HOJE TEMOS UMA NOVA PARCEIRA: A EDITORA SALAMANDRA que nos enviou esse livro que amamos muito!

Então, hoje vamos brincar com a nova versão deste clássico infantil!
 BOM-DIA, TODAS AS CORES! da série VOU TE CONTAR! Texto de RUTH ROCHA e ilustrações de MADALENA ELEK. Editora: Salamandra, ISBN:  9788516085773
Todo dia o Camaleão acordava, lavava o rosto numa gota de orvalho e virava cor de rosa, a cor que ele achava mais linda. E então, saía pra passear na floresta. 
 Mas cada vez que encontrava um amigo, como o Sabiá, o Louva-a-Deus ou o sapo, trocava para a cor que o amigo achava mais bonita. Depois de trocar mais de 10 vezes de cor,
voltou para casa muito cansado. Sentou e pensou no em tudo que aconteceu durante o dia.
O camaleão queria a todos agradar.
Mas será que isso pode funcionar?
Pois quem a si mesmo não agrada também
Jamais vai conseguir agradar outro alguém...

Um livro todo em letra bastão, de fácil leitura e rimado. A história é uma graça, um verdadeiro clássico infantil, que nos faz refletir sobre o valor da opinião dos outros.
Nós tínhamos a história contada pela Ruth Rocha num CD que ficava direto no carro. Ouvimos tanto que o CD emperrou e não saiu mais, vendemos o Uno e de brinde foi a história junto.

Quando recebemos o livro as crianças imediatamente quiseram fazer um camaleão.
 A primeira coisa que fizemos foi desenhar 2 círculos: 1 numa folha branca comum e 1 em uma página de revista (mais grossinha) que tivesse o tema natureza (gramas, árvores, etc...).
 Depois o Cássio desenhou um camaleão de uns 10 cm (mais ou menos), com caneta.
 Enquanto isso, a Cecília coloria o círculo branco.
 Quando o desenho do camaleão estava completo, eu recortei-o com estilete (eu fiz porque ainda acho cedo eles mexerem com essa ferramenta).
 Círculo pronto.
 Em seguida o Cássio fez um furo no meio dos 2 círculos e passou um colchete. A parte colorida fica virada para o verso do camaleão recortado.
 Virando fica assim. As crianças ainda escreveram "BOM DIA!" num balão de fala.
 Agora basta virar o disco de baixo que o camaleão muda de cor!
 Para finalizar, colamos na pontinha da cabeça um daqueles olhinhos que mexem.
 Levei o livro na última contação de histórias que fiz. Foi na turma da minha filha, semana passada (é uma micro turma).
 Ela quis ler comigo. Leu as partes do camaleão (com voz diferente e tudo).
 Foi muito divertido e todos fizeram camaleões para levar pra casa e contar a história aos familiares. E aí? Achou o camaleão na foto da direita?

#Boaleitura

Comentários

  1. Ai Gi que tudo! Sabes que a Luiza tem uma veia artística...hehe Sempre que chego em casa está ela com alguma sucata inventando alguma coisa, querida! Me sinto culpada, sou tão descordenada e não estímulo mto esse lado dela, mas vou comprar essa historinha para tentarmos fazer, não parece difícil...rsrs Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Gisele, adoramos a forma como você trabalhou com o livro! Explorando a criatividade das crianças... Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gisele,
    adorei saber dessa edição. Sempre ficava me perguntando porque a Salamandra não tinha reeditado ainda esse livro, um dos meus favoritos.
    E adorei o camaleão que muda de cor que vocês produziram - diversão garantida.
    bjs,
    Mirtes Aquino

    ResponderExcluir
  4. Fico encantada com a maneira que vc interage com as tuas crianças.Assim se torna prazeroso a leitura, ando tentando ser um pouco Gisele na maneira de contar as histórias para os meus Zs e o interesse em ler aumentou mais.bjooo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)