Cartas a Povos Distantes


De Fábio Monteiro, ilustrações de André Neves, Coleção Espaço Aberto, editora Paulinas. 
Vencedor do Jabuti 2016 categoria Juvenil.

Em Cartas a Povos Distantes, o autor nos apresenta Giramundo, um menino criativo empenhado em construir línguas e histórias de povos que jura ter visitado. Conhecedor de mapas e livros de cartografia, Giramundo explicava de forma eloquente e embasada as origens das línguas que inventava descaradamente.
Como a criança da fábula que grita ¨É o lobo! É o lobo¨ nem ele mesmo acredita quando recebe uma carta de Luanda. Um papel misterioso, sem texto e assinado por ¨Um novo amigo¨. De tanto inventar histórias será que elas ganharam vida?


A partir das cartas entre Giramundo e o garoto de Luanda inicia-se uma nova fase na vida do pequeno inventor de povos que o aproxima de uma realidade muito diferente da sua.
Além do remetente um outro personagem ganha destaque no livro, seu Joaquim da papelaria que se interessa pelas cartas de Giramundo. O novo amigo nos apresenta a realidade de um país em guerra e cheio de privações mas também com belezas e amizades.


Depois que comecei a ler não consegui parar. Para sensibilizar os pequenos (e grandes) sobre outras realidades. Pessoas como nós que sofrem e nem ficamos sabendo.
As ilustrações do André Neves são simples e fortes ao mesmo tempo. Colagem e pintura em tons terrosos ajudam a criar a atmosfera de aridez necessária.
Um dos nossos escolhidos no Top livros de 2016.
Você pode adquirir o livro aqui.


Comentários

Veja também

Mostrar mais