Dicas para ententer crianças presas em casa

Livros para o desfralde


Ter um bebê em casa é sempre uma gangorra de emoções com descobertas e novidades a cada semana, algumas tranquilas e outras nem tanto. Um acontecimento que está nos dando frio na barriga é a aproximação do desfralde. A partir de um ano e meio, ao ver outras crianças da mesma idade sem fraldas nos perguntamos se chegou a hora. Já ouvi mães dizendo que com pouco mais de um ano o filho tirou a fralda e não quis mais usar, outras que aos 3 ainda não davam sinais de querer deixar as fraldas. O Lucas já se sente incomodado, tenta tirar sozinho mas decidi esperar um pouco, acho importante que consiga avisar com tempo de chegar no banheiro.
Descobri lendo em outros blogs sobre indícios que podem ajudar a saber o momento certo. O primeiro é acordar com a fralda seca, se controlou durante a noite será mais fácil segurar de dia; ajudar a tirar e colocar a calça e tem ainda dois que só fui descobrir a pouco tempo, pular com os dois pés e subir os degraus da escada com um pé de cada vez sem ajuda. Pelo que entendi, existe uma relação entre os músculos que executam essas duas funções e o controle dos esfíncter. Além da maturidade fisiológica temos que levar em consideração que algumas crianças sentem medo de cair do vaso sanitário ou de sentar no penico e isso deve ser trabalhado. Precisamos mostrar carinho e paciência neste momento, assim se sentirão seguros para encarar o desafio. Já que cada um se desenvolve no seu tempo seria um desrespeito tentar impor um desfralde apenas porque outros já conseguiram na mesma idade ou porque a escola exige, o ideal é que a vontade venha da criança. Para isso sugerimos alguns livros que introduzem o assunto e o tornam mais leve e familiar.


O que tem dentro da fralda? Ganhamos da Gisele, o Lucas adora! Mesmo não estando em processo de desfralde, ele brinca regularmente com este livro. O ratinho curioso quer saber o que há na fralda dos seus amigos e em cada página pergunta a um animal diferente se pode ver o que tem na fralda. As fraldas dos bichos são em pop-up, a criança abre para ver o que cada um fez na sua. Ela conhece com o ratinho os diferentes tipos de cocô de cada bicho. No final todos querem saber o que tem na do ratinho. Essa é a sacada do livro, ao abrir a fralda do ratinho, a criança se surpreende, ela está vazia! Mas onde foi parar o cocô então?

 O lobinho usa o penico.
Esse também ganhamos da Gisele.
O livro tem uma vantagem sobre os outros, é confeccionado em material plastificado, (não é livro de banho, é papel plastificado) pode ser levado para ler durante o processo sem correr o risco de estragar.
O lobinho encontra um objeto e junto com os pais tenta descobrir para que serve. Com desenhos fofos e história divertida, ajuda a familiarizar a criança com o penico.

Você pode conferir a resenha dele AQUI.

Você pode conferir a resenha dele AQUI.

Tem muitas crianças que tem nojo e medo do coco, então tem uma dica AQUI.

0 comentários:

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)