Dicas para ententer crianças presas em casa

Livros Sobre Bullying {Post V - Livros Informativos}

Nosso projeto #diganaoaobullying está suuuuper!

 A VIDA COM CRIANÇAS- Para ler nos momentos de sossego e consultar na hora do aperto - de Julia Milman e Lulli Milman, editora Zahar.

Um livro pra ajudar as famílias em várias questões: Os diferentes tipos de família: as famílias monoparentais, as homoafetivas, as de pai e mãe separados, a família estendida; A guarda compartilhada; Creche, avós ou babá; as vantagens e desvantagens; Chupeta, mamadeira, paninho e o dedo - quando usar e até quando; O pai e a amamentação;  O desmame, seja da mamadeira, seja do peito; Dormir: como, quando, onde e com quem; A hora de comer sozinho e os bons modos à mesa;

Internet;

O que considerar quando o assunto é castigo; Brigas entre irmãos; Déficit de atenção e hiperatividade; A sexualidade infantil;

Bullying: como identificar

e de que forma agir Cheio de dicas e histórias pra ajudar a melhorar nossa vida com nossas kids! Fica a dica! Amamos.
Textos diretos e de fácil compreensão. Muitas dicas valiosas, principalmente para pais de primeira viagem.

ATENÇÃO! TEM GENTE INFLUENCIANDO SEUS FILHOS de Cris Poli, Mundo Cristão. 
  
Já parou para pensar que, além de você, tem mais gente educando seus filhos (quer você queria ou não) e que essas pessoas exercem uma tremenda influência na maneira como eles pensam, agem e falam? Seus filhos passam grande parte do tempo em contato com professores, avós, tios, coleguinhas,

da escola,

da mídia.
Com isso, eles absorvem valores e informações que, com indesejável frequência, não são aqueles que você gostaria de transmitir aos pequenos. Certamente, nem toda influência externa é ruim, mas, como o maior responsável pela criação de seus filhos, este assunto é da sua conta e este livro é para você!

O livro mostra como ser assertiva, firme e equilibrada ao lidar com as influências externas que podem criar muitos problemas à saudável criação de seus filhos. 

Livro suuuuper necessário! Gente! Sério! Toda professora e mãe, avó de menina precisa comprar e ler esse livro. Fundamental pra que sua filha/neta/aluna passe pelo colégio sem sofrer seriamente de bullying. 
Minha filha estava sofrendo muito bullying na escola e sofrendo (repetindo propositalmente essa palavra) muito em função disso em casa. E as pessoas estavam achando que isso era normal. E eu sabia que não era, mesmo já tendo sofrido na escola, na minha época. E Graças a Deus a Rocco nos enviou o livro e eu estava lendo-o bem quando a Ceci me falou do problema. 
Meu marido queria ir no colégio reclamar. Então, eu ele e a Ceci sentamos pra ler partes do livro que eu havia marcado. E chegamos a conclusão que a Ceci devia fazer uma carta pra turma, denunciando o bullying, que ela e vários colegas sofriam, e chamando as kids a fazerem um pacto contra essa prática tão maldosa.
Deu certo. Chamou a atenção da professora e da coordenadora. Ela levou o livro e mostrou que isso não devia ser considerado normal. Que as meninas realmente são maldosas e que isso não pode acontecer. O pessoal da escola tirou xerox de partes e eu comprei um exemplar e dei pra professora de presente. 

A autora sofreu bullying quando criança. Noites e noites chorando em função de uma guria que a atormentava e aquele sentimento de solidão apertava o peito. Anos depois, já na faculdade, um dia conversando com amigas, percebeu que todas tinham no passado, uma guria que as tinham atormentado também e todas achavam que aquilo só tinha acontecido com elas. 
Então a Rachel correu pra biblioteca esperando achar uma bibliografia extensa sobre o assunto, já que pelo visto muitas pessoas tinha passado por isso. Mas não encontrou nada. NADINHA! Chegou em casa e mandou um e-mail para algumas amigas e conhecidas com as seguintes perguntas:

VOCÊ JÁ FOI ATORMENTADA OU PROVOCADA POR OUTRA MENINA? EXPLIQUE COMO FOI ISSO? QUE INFLUÊNCIA ISSO TEVE NA SUA VIDA ATÉ HOJE?

Ela conta que em 24 horas a caixa de mensagem dela estava lotada. Mulheres que ela nem conhecia tinha recebido o e-mail de amigas e diziam que ela ia ser a primeira pessoa a ouvir/ler a história completa. Centenas de mulheres havia sofrido bullying caladas "O silêncio está profundamente entremeado no tecido da experiência feminina." ela conta na página 11. 

 O livro mostra um estudo feito pela autora. Ela entrevistou dezenas de meninas de vários colégios e de diferentes classe sociais sobre como o bullying entre meninas é diferente do bullying praticado por meninos. 
Basicamente o bullying masculino é físico. Claro que não todos os casos, mas a maioria é agressão verbal e física. 
As meninas praticam um bullying velado, dissimulado, agressivo porém silencioso, maldoso, manipulador, psicológico, torturante. É um bullying de exclusão, fofocas, risinhos, apelidos e palavras maldosas para infringir sofrimento psicológico na guria que não gostam. Todas fingem serem super queridas e boazinhas então ficam acima de qualquer suspeita. 

O livro é excelente. Suuuper recomendo a leitura. Explica e esclarece muitas coisas.

BULLYING E SUAS IMPLICAÇÕES NO AMBIENTE ESCOLAR de , da editora Paulus.

O livro é composto de pequenos capítulos. 

Como o termo surgiu?, como a banalização da violência influência o bullying, tipos de bullying, característica dos envolvidos, papel da mídia e internet tudo,

como o bullying acontece na escola

e muitas vezes não é percebido pelos adultos, que andam sempre correndo e olhando o celular, entre outras informações bem relevantes. 

O livro é curtinho, menos de 100 páginas. Super indico para professores, psicopedagogia, psicólogos (principalmente os que trabalham com crianças), e outros funcionários que trabalham em escolas, para que TODOS fiquem atentos.

O livro não tem pretensão de apresentar soluções definitivas, mas desenvolver algumas reflexões sobre a gravidade do problema, e também medidas para enfrentar a situação no ambiente escolar.

MITOS E FATOS SOBRE BULLYING: ORIENTAÇÕES PARA PAIS E PROFISSIONAIS de Carolina Saraiva de Macedo Lisboa, Guilherme Welter Wendt, Juliana da Rosa Pureza e colaboradores. Da Sinopsys Editora.

O bullying entre jovens na escola é um importante problema social. Ele envolve repetidos ataques contra uma pessoa mais fraca ou relativamente indefesa; pode ser de natureza física, verbal, exclusão social severa, ou, atualmente, o cyberbullying - usando telefones móveis e internet.

Este abuso intencional de poder para ferir os outros pode acarretar sofrimento e perda de autoestima nas vítimas e, em casos extremos, pode contribuir para suicídios.

Aqueles que praticam o bullying não estão aprendendo sobre um comportamento responsável e carinhoso com os outros; e os espectadores que veem o bullying acontecer, se não forem controlados, estão aprendendo que esses comportamentos são tolerados.

São 15 pesquisadores que atuam na área e que compilaram uma forte seleção de capítulos que nos conduzem através dos principais aspectos do que sabemos sobre o bullying escolar (incluindo sua identificação), o cyberbullying (tema relativamente novo), a compreensão de o porquê os praticantes do bullying agirem dessa forma, os papéis no bullying e seus correlatos, o vínculo com o uso de drogas na adolescência e os tipos de intervenções que podem ser implementados para reduzi-lo. Ele foi elaborado pensando nos pais, professores e público em geral, que demonstram a carência de um entendimento adequado do fenômeno bullying. Percebem-se concepções e crenças distorcidas acerca do bullying, que visam punir o agressor, mas que podem estigmatizar as vítimas mesmo quando almejam auxiliá-las. Com uma linguagem clara e objetiva, desmitifica e mostra os verdadeiros fatos do bullying, por meio da identificação e do esclarecimento.

Recebemos livros da parceira Globo Livros também!

BULLYING MENTES PERIGOSAS NA ESCOLA. Como identificar e combater a violência e o preconceito na escola, de Ana Beatriz Barbosa Silva, Globo Livros.
O livro é um sucesso. Um os mais vendidos sobre o assunto.

 O livro além de falar sobre os perigos dessa prática dentro das escolas, 

retrata também quem maltrata, quem sofre e quem assiste.

 E dentro disso as consequências 

de quem adoece e quem supera. Mostra que grandes artistas como Madonna, Tom Cruise, cineastras como Spielberg e atletas como 

Beckham e Phelps, também sofreram bullying na escola, quando eram pequenos.
E precisamos muito combater esta prática. Se combate com informação, intervenção e atenção.

 BULLYING - Avaliação e Intervenção em Terapia Cognitivo-Comportamental de Vinícius Guimarães Dornelles, Cristina Würdig Sayago e Colaboradores (são 34 autores ao todo), da Sinopsys Editora.

 Meu livro está todo assinalado.
São 16 capítulos sobre o assunto: Bullying, Cyberbullying, Bullying e estresse, Bullying e o uso de drogas, Consequência, Bullying e transtornos mentais associados, O desenvolvimento de habilidades sociais como estratégia de prevenção ao bullying, entre outros temas. 
Os autores são professores, bolsistas, graduados, coordenadores de laboratório de pesquisa , estudantes da área de psicologia e psicólogos. 

Os capítulos desta obra são divididos em dois eixos centrais. O primeiro versa sobre o fenômeno bullying e as variáveis relacionadas a este, promovendo uma ampla investigação sobre o que é o bullying.

Já o segundo aborda questões relacionadas à intervenção no bullying, tratando de temas como a avaliação de crianças e adolescentes em situação de bullying, entre outros.

Dessa forma, o livro integra as mais diferentes informações a respeito do tema, para assim proporcionar ao leitor uma descrição precisa tanto do bullying em si como da intervenção nesse fenômeno dentro da abordagem cognitivo-comportamental. 
Além disso, esta obra acaba por tornar-se a primeira referência dentro da TCC sobre bullying no Brasil. Para auxiliar na compreensão, prevenção e intervenção dentro de um tema de tamanha relevância social como é o bullying.

 CUIDADO! PROTEJA SEUS FILHOS DOS BULLIES de Deborah Carpenter e Christopher J. Ferguson, PhD da Butterfly Editora.

 Deborah conta que uma dia recebeu uma foto da turma do filho de 4 anos e pediu pra ele falar o nome de todos coleguinhas. E o filho começa a falar os nome e num fala "E esse é fulano, que me maltrata todos os dias." Imagina o soco no estômago da mãe ao ouvir isso do filho, pois ela é educadora, especializada em desenvolvimento, saúde e segurança da criança e da família. Trabalhou na administração de uma escola, tem mestrado em psicologia social e bacharelado em psicologia.  E não percebeu o problema em casa.

Com isso resolveu pesquisar o assunto mais a fundo, pra proteger seu filho e ensinar os outros pais e professores a protegerem as crianças com as quias convivem.

São 21 capítulos e mais apêndices. Alguns dos capítulos: O que é bullying; 

Tipos de bullying; Tipos de bullies; 

As vítimas; As testemunhas; As consequências do bullying; Meninas bullies; Meninos Bullies; 

Sinais típicos que seu filho está sofrendo bullying; Como evitar que seu filho seja uma vítima; Quando o bullying se torna crime; Cyber bullying; Meu filho é um bully?; Como a comunidade pode se unir para combater o bullying, entre outros. 

 Vem também com um modelo de carta ou documento que você pode imprimir ou copiar partes para que a turma do seu filho possa fazer um pacto contra a prática de bullying.

 Gostei muiiito deste livro. Parágrafos curtos com exemplos reais e tristes de bullying e muitas dicas do que fazer, como agir para que isso não aconteça com seu filho, ou com sua turma.

Todos os livros deste post são excelentes. Recomendamos muito as leituras. Importante acabar com esta coisa horrorosa que é o Bullying. Sofri isso na infância, meu marido também e minhas crianças também. Precisamos fazer um futuro com mais paz e amor para que outras crianças não sofram 
deste mal. Escola é um lugar de aprendizado e socialização, que seja um local seguro e acolhedor também. 

Para ver outros posts sobre este tema: clique AQUI, AQUI, AQUI e AQUI.

0 comentários:

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)