Tabuleiro da Baiana

 Hoje vamos falar de um livro que entrou pra lista dos 30 melhores de 2016, da revista Crescer: TABULEIRO DA BAIANA de Elma (projeto gráfico do André Neves). Editora: Paulinas.  Já adiantamos que realmente é um livro lindo.

  Você sabia o ofício das baianas é tão importantes para a cultura do nosso povo que virou patrimônio imaterial dos brasileiros!? Que super, né?!

 
 Uma Baiana era a sensação da cidade. Todo mundo amava seus quitutes e suas histórias. Ela seeempre ficava no mesmo lugar. Porém, um dia ela não apareceu, nem no dia seguinte. Todo mundo ficou triste... Mas aí a apareceu a filha da Baiana e.... Aaaah! Vão ter que ler o livro pra saber o final.
Só digo que é recheado de: "...acarajé e abará, acaçá, tapioca e mungunzá. Tem caruru, queijada, cocada preta, branca e queimada. Tem beiju e tem beijinho."

E o mais legal é que nas ilustrações aparecem pessoas e quitutes, mas não há um cenário definido. A Baiana vive na Bahia? Ou em Porto Alegre? Em Belo Horizonte? Quem sabe? Pode ser nessas e em muitas outras! É um livro que pode falar da sua própria cidade, basta o leitor imaginar! 

E o que a gente resolveu fazer? Bah! Depois de taaanta doçura, tanto nas imagens, quanto no texto, fomos fazer cocadas!


COCADA 1
Ingredientes:
400 gramas de coco ralado
125 ml de água filtrada
400 gramas de açúcar.
Modo de fazer:

Colocar a água e o açúcar e ferver. Ferver beeeem, até mudar de cor e virar um caldo.
Abaixar o fogo e adicionar o coco. Mexer, em fogo baixo. Mexer, mexer. Até ela ficar mole, e mais homogênea.

Depois derrube num tabuleiro ou num refratário. aperte bem. Deixe esfriar.

Depois é só cortar em pedacinhos e servir.

COCADA 2 (de leite condensado)

Ingredientes:
1 caixinha ou latinha de Leite Condensado
1 mesma medida de açúcar
manteiga para untar
1garrafinha de leite de coco

Modo de fazer:
Misturar tudo na panela e mexer. Mexer , mexer, mexer até virar uma massa quase homogênea. E bater muito, até mudar de cor e desgrudar da panela.

Despejar num refratário untado. Deixar esfriar.

Cortar em pedacinhos. Servir com cafézinho preto, ou leite gelado. Huuummmmmm... Delícia!

Aqui a Elma fala do trabalho e pesquisa pra fazer o livro:


Pra terminar tem a música linda de Dorival:

Boa leitura!

Comentários

Veja também

Mostrar mais