Monteiro Lobato

Você também é fã de Monteiro Lobato?
José Renato Monteiro Lobato, nasceu em 18 de abril de 1882, na cidade de Taubaté, interior de São Paulo.  Mudou seu nome, depois, para José Bento Monteiro Lobato. Desde pequeno despertou o gosto para leitura. Quando adolescente foi para São Paulo estudar no instituto de Ciências e Letras, e mais tarde ingressou na Faculdade de Direito, formou em 1904. Aprovado no concurso, foi trabalhar em Areias, no Vale do Paraíba. Além de trabalhar como promotor, também escrevia para diversas revistas e jornais. Casou-se em 1908, teve quatro filhos. Em 1918 publicou seu primeiro livro. O escritor fundou uma editora, mas, acabou falindo. Mudou-se para o Rio de Janeiro e começou a publicar livros infantis. Em 1921 publicou Narizinho arrebitado, foi um grande sucesso, deu origem ao Sitio do Pica-pau Amarelo.

 Monteiro foi um dos mais influentes escritores brasileiros de todos os tempos. Em seus contos ele também criticava alguns aspectos do país, como a burocracia, as condições sociais, o crescimento desordenado das cidades, entre outro assuntos.
Hoje, 18 de abril foi o dia que Monteiro Lobato nasceu.
Por isso, também é comemorado o dia Nacional do Livro Infantil.


Aqui em casa, programamos amanhecer o dia 18 de abril assim, Visconde de Sabugosa, disponível para brincar conosco, junto com toda "coleção Turminha do Sítio" e também a "coleção Meu livrinho Sitio do Pica-pau Amarelo".


Apresento aqui para vocês estes livrinhos, são divertidos, práticos, fininhos, daqueles perfeitos pra carregarmos na bolsa, deixarmos no bolso traseiro do banco do carro, e carregamos pra todo lugar.

 

Todas estas histórias foram organizadas por Arlete Alonso, publicados pela editora globo, e aqui em Brasília, eu encontrei todos estes livros na Distribuidora de Livros Dom Quixote.
A Dom Quixote é uma livraria tradicional em Brasília, ela esta
localizada em vários pontos da cidade:


As historias de Narizinho, Pedrinho, Emília, Visconde, Rabicó, Quindim, Cuca, Saci, Burro falante, seguem comigo desde minha infância. E, fizemos questão aqui em casa de apresentar todas estas histórias para as novas gerações.
Mas, como tudo na vida, tem sempre algo que você se identifica mais, e, se na minha infância eu sonhava em ser Emília, aqui em casa temos uma criança que ama de paixão o Visconde. Este fantoche do Visconde meu filho ganhou, do melhor amigo, em 2014, e ele ainda curti demais.


Em 2014 eu conquistei meu filho também, para o "mundo" de Monteiro Lobato,
juntos organizamos a festa de aniversário dele com este tema.
Mas não pense que foi fácil, ele escolher Sítio, e desistir de Peppa e McQueen.
Foi minha alegria, foi lindo, foi nossa felicidade!


Aaah! Na época, estes livrinhos foram dados no aniversário, como
lembrancinha aos amiguinhos que nos deram o prazer de participar da nossa festa.
Nada de "doce" na lembrancinha, que tal, trocar doce por lembrancinha com livro?
Monteiro Lobato foi um mais do que um escritor, foi um brasileiro notável e
preocupado com o progresso do país e de sua gente.
Depois de ter vivido muitas aventuras e de quase ser devorado por uma tribo de índios em terras brasileiras, Hans Staden resolveu contar sua história no livro “Duas Viagens ao Brasil”, de 1557. Impressionado com os relatos, Monteiro Lobato quis que as
crianças brasileiras conhecessem essas histórias.


Esta caixa reúne clássicos infantis de Monteiro Lobato adaptados para as histórias em quadrinhos.
A turma do Sítio do Pica-Pau Amarelo viaja por lugares incríveis habitados por bichos, fadas, monstros, heróis, cavaleiros, índios, e seres fantásticos.
na caixa contém os livros em quadrinhos: Dom Quixote das crianças, Peter Pan, Fábulas, O Minotauro, Os doze trabalhos de Hércules, e, as Aventuras de Hans Staden.

A adaptação da obra feita pelo autor fez com que as aventuras de Hans Staden ficassem muito mais gostosas de se ler porque são apresentadas com aquele jeitinho todo especial que só Dona Benta tem para contar histórias.


A obra lobatiana Aventuras de Hans Staden, lançada em 1927, ganha agora uma versão em quadrinhos de Denise Ortega e Stil, com ilustrações de Arcon. O livro traz também matérias a respeito da obra original, da vida de Hans Staden, da versão de Lobato para as crianças e está de acordo com a nova ortografia da Língua Portuguesa.
Os demais quadrinhos também ganham versão de André Simas, Miguel Mendes, com ilustrações de Luiz Podavin e Arcon.

Desde quando eu comprei esta coleção, este aqui é o livro em quadrinhos preferido dele, e o episódio "Voando para a Terra do Nunca" é o mais relido.


Este livro baseado na obra de Monteiro Lobato é um convite para viver uma aventura. A turma do Sítio esta reunida em torno de Dona Benta para ouvir as histórias de Peter Pan e sua luta contra o Capitão Gancho. Enquanto ouvem as aventuras sobre a Terra do Nunca, algo estranho acontece com a sombra de Tia Nastácia.
São livros que merecem ser apreciados, seja em forma de quadrinhos, adaptações, ou os clássicos livros. O importante é encontrar a literatura que mais se adapta ao universo infantil, ai, na sai casa.
Vamos todos curtir de Lobato.
Boa leitura!

Veja também

Mostrar mais