ERIK VERMELHO - Os vikings na América

  O romance adaptado por Helena Gomes parte das histórias, inicialmente orais e depois escritas, que registram a jornada do povo nórdico. Chamados de Vikings e bárbaros pelas demais civilizações, porém um povo repleto de virtudes e defeitos como todos os demais. Hábeis navegadores, aventureiros e conquistadores, por força das circunstâncias difíceis em que viviam onde na maioria dos confrontos era matar ou morrer. Fortes e corajosos, levavam a extremos suas atitudes de ataque e defesa, em prol de seus valores, suas posses e suas crenças.
 Amavam e odiavam  com igual tenacidade e tinham como maior adversário a natureza de seu habitat, com extremo frio, ventos e trovoadas, onde sobreviviam sob a proteção de Thor, Deus que cultuavam dentre outros menores. 
A autora mostra alguns personagens que conduzirão ,neste romance, a saga de algumas famílias que saíram da Noruega, da Suécia, vão para a Islândia, daí para a Groenlândia e dali para a América.
Erik, o vermelho, vítima do despotismo das autoridades vorazes, torna-se perseguido e fugitivo, e junto com as perdas materiais e sociais, perde também a bravura e a violência do povo nórdico. 
Nessa jornada, muitos nascem e muitos morrem. Erik  sobrevive e segue em frente, conduzindo seu clã, com grande  capacidade de amor, de renuncia, de compromisso com a família, com os amigos e com os servos. Com retidão de caráter, segue em busca de seus sonhos de liberdade. 
Hollweig - Primeiro amor de Erik.
 Gudrid  - filha de Hollweig, com um fazendeiro comum, mais tarde conhece Erik e passa a ter papel importante na sua vida. Ela também sonha com um mundo novo.
  Dentre outros personagens significativos do romance, destaca-se Freydis, filha de Erik, personalidade  desagradável, de má índole, cruel e invejosa que causa danos irreparáveis por sua péssima conduta. 

 Erik, o vermelho é um romance juvenil, mas encanta a quem o lê pela rico mosaico humano que habita suas páginas.
Pelo livro encontramos várias vinhetas (pequenas ilustrações junto ao texto) lindas e também imagens fortes de duas páginas, sem texto algum, de Julio Carvalho. 

Ficamos super curiosos sobre a cultura Viking. Para complementar a leitura, procuramos na enciclopédia sobre os Vikings e vimos dados históricos e também sobre suas casas, arte e artesanato, jogos e outras fotos de coisas daquela época.

Aqui em casa lemos eu, o Cássio e minha sogra, que também adorou o livro. 
Então, recomendamos o livro ERIK VERMELHO - Os vikings na América. de Helena Gomes, e ilustrações de Julio Carvalho. Editora: Berlendis & Vertecchia, ISBN: 9788577230631.

Comentários

Veja também

Mostrar mais