Fitá

FITÁ de Karla Tenório e Padmini, com ilustrações de Duda Coutinho. Da editora Sextante e Dummar.

Recebemos o livro e uma cartinha carinhosa da Padmini, que escreve no @Bamboleio_literatura, IG literário lindo. 

Fitá era uma estrelinha do céu que queria conhecer o universo...

Ela admirava o mar e as sereias lindas que via lá de cima.

Um dia desejou tanto que virou uma sereia e pode viver em comunhão com os seres do mar.

Mas um dia, ao subir pra superfície, ficou impressionada com a dimensão e a beleza do céu E SENTIU UMA SAUDADE!

O que fazer? Foi conversar com a sua mãe de água e fez um pedido de coração, que modificou sua vida e seu olhar para sempre.

Cada vez mais acredito que Deus, em sua infinita sabedoria, não colocou todo o conhecimento em um só lugar. 

Ele deu um pouco de sua sabedoria a cada ser. E essa sabedoria (sim estou repetindo a palavra sabedoria pra reforçar seu significado e o peso que ela tem) seria tanto maior quanto maior fossem as trocas de conhecimento entre os seres de todos os reinos. 

O amor é o nobre elemento comunicante. É através do amor que realizamos nosso propósito de existência. Quando Jesus disse "A casa de meu Pai tem muitas moradas." ele se referia a cada ser, a cada coração humano, a cada astro do universo. Tudo e todos a cumprir um propósito divino, viajando por todas as casas do Pai. 

Fitá de posse sua consciência, vai realizando seus sonhos e nós, conscientes de quem somos, usando do melhor elemento cósmico, o amor, podemos realizar os nossos.

Comentários

Veja também

Mostrar mais