O TOURO FERDINANDO

A equipe do Kids Indoors foi em peso assistir,

Em Brasília, no Cinemark do Pier 21 e no

GNC do Praia de Belas, em Porto Alegre, a cabine de imprensa, pelo Espaço Z “O Touro Ferdinando” em 3D, que é o novo filme de animação do brasileiro Carlos Saldanha.
Saldanha é um dos maiores representantes de nosso país em terras estrangeiras, quando o assunto é entretenimento e arte. O filme foi indicado nas categorias de melhor animação e melhor canção original (“Home”, com Nick Jonas). Se você não ligou o nome à pessoa, certamente já ouviu falar, mesmo que através de alguma criança próxima, das criações deste profissional incrível. Entre elas se encontram os filmes A Era do Gelo e Rio.


Criado em 1936 na forma de um livro infantil The Story of Ferdinand, de enorme sucesso e vencedor de diversos prêmios para obras na categoria, pelo autor Munro Leaf e com ilustrações de Robert Lawson. Walt Disney foi o primeiro a enxergar potencial desta história maravilhosa.

Ano passado a intrínseca lançou uma nova edição deste livro. Falamos dele AQUI.
A história do livro é bem direta e curtinha. O filme é baseado no livro, mas não é fiel a história.


Ferdinando é um bezerro diferente dos outros. Num rancho da Espanha, touros são criados e treinados para serem vendidos às touradas, uma das mais cruéis tradições de qualquer país, ainda em vigor. Os touros que não se adaptam são vendidos para o açougue, prontos para o abate. No meio desta selvageria que faz parte de nossa rotina sem que sequer nos demos conta encontramos o adorável Ferdinando, um bezerro sensível, que ama flores e protesta contra a violência.

 No filme, O Touro Ferdinando a típica história do patinho feio, o azarão que contra todas as probabilidades e seguindo puramente seus instintos e seus ideais, ousa triunfar mostrando que não existe nada errado em ser diferente. Muito pelo contrário, são justamente os que sonham e se arriscam a ir na contramão que conseguem se destacar.

Uma bela e digna mensagem para as crianças, nesta época de diversidade, onde ser diferente precisa ser respeitado. Saldanha e os roteiristas Robert L. Baird, Tim Federle e Brad Copeland lidam com o fenômeno do bullying, esse mal cada vez mais presente nas relações modernas, com a seriedade e a graça que o tema exige. Mas, a tradução para português perde um pouco a piada maior, um manifesto antibullying protagonizado

por um “bull” (touro).

Na dublagem nacional, Thalita Carauta, vive a cabra Lupe, Duda Ribeiro é o touro Ferdinando, e o elenco conta ainda com Maisa Silva e Otaviano Costa.

Produtoras: Blue Sky Studios, Davis Entertainment, Twentieth Century Fox Animation. A animação tem 1h48min de duração!

Fica dica. Um filme para TOOOODA família!

Comentários

Veja também

Mostrar mais