A GUERRA DOS BOTÕES

Esses dias postei nas redes sociais que ler quadrinhos (principalmente dos clássicos) é uma maneira de fazer os tweens e teens lerem mais.

Recebemos semana passada mais um super lançamento da Salamandra: 

 A GUERRA DOS BOTÕES de Louis Pergaud e Philippe Thirault, com ilustrações de Aude Soleilhac e Isabelle Merlet. Da Série Ex-libris (clássicos em quadrinhos).

 Um romance em quadrinhos que retrata bem o conflito que se passava na França em 1913 (quando foi publicado pela primeira vez). Uma turma de guris, 

levadas pelo impossível líder Lebrac, está em guerra contra as kids do vilarejo vizinho (seus inimigos).

Uma guerra que começa com zombaria e humor, mas a medida que a história vai se desenrolando, torna-se impiedosa, escura, violenta e o que era brincadeira e vira uma difícil realidade . 

Eles lutam pela honra (um grupo xinga o outro - e eles não querem levar desaforo pra casa), pela fidelidade (dos companheiros) e para ganhar (botões das roupas inimigas - que funcionam como troféus - como eram pobres as mães surravam as crianças que estragavam as poucas roupas que tinham, então quando perdiam botões, eram surrados pelas crianças rivais e depois pelos pais, em casa. Um duplo vexame) todos os meios são válidos, mesmo apanhando (quando descobertos) dos próprios pais! 

Livro que retrata a infância de uma época. 
Bom que as kids veem que a vida muda, e pra melhor.

Comentários

Veja também

Mostrar mais