The Best of the Year por Conversa de Quintal

Hoje temos como convidados a Carol e o Miguel da @conversadequintal!

Os melhores do ano para o Miguel foram:

1. AMIGOS da Silvana Rando da editora Abacatte.
O que é ser amigo? Dividir alegrias e tristezas, aprender juntos, brincar, rir, chorar e muito mais. Não precisamos necessariamente gostar de tudo que nosso amigo gosta, mas ele entende, respeita e gosta da gente por isso também. Um livro muito fofo com um final que eu não esperava. Ótimo para o primeiro dia de aula em qualquer escola.


2.  DA CABEÇA AOS PÉS de Eric Carle, editora Callis.
 Miguel curtiu de mais imitar os movimentos dos animais.

Por aqui estamos naquela fase do "mamãe, olha o que eu 'sabe' fazer". Miguel (aos 3 anos) adora exibir suas habilidades motoras e a cada novo movimento aprendido quer aplausos. Coisa mais gostosa ver a satisfação dele frente as suas conquistas. E esse livrão lindo aí do Eric Carle (o mesmo autor de "uma lagarta muito comilona" e por quem Miguel tem admiração) brinca exatamente com isso: ver quem consegue imitar os gestos e os movimentos dos animais que aparecem na história. A publicação caprichada e cartonada é da @calliseditora e é um livro super divertido que recomendo muito para presentear crianças pequeninas, que estão em pleno desenvolvimento de suas habilidades motoras. Um verdadeiro convite para brincar em família

3. UMA LAGARTA MUITO COMILONA de Eric Carle, editora Callis.
Essa é a versão cartonada, para crianças pequenas. Uma lagarta acaba de nascer e está com fome. Come, come, come sem parar.  Um livro
p Para quem não conhece tem vários buraquinhos entre as páginas, por onde a lagarta "passeia". Contamos a história hoje passando uma fita de cetim por eles, como se a fita fosse a lagarta! Miguel se divertiu e pediu de novo e de novo 🐛💚 . 📔↘️ Esse é um dos meus livros preferidos para presentear crianças de até 3 anos. Não tem erro!

4. O MENINO QUE QUERIA SER VENTO de, Pedro Kalil Auad,  da Aletria.
Sinopse: 
"O que pode fazer uma criança quando bate em seu peito a saudade? Fruto de parceria afinada entre os amigos Pedro e Luisa, “O menino que queria virar vento” mostra que para transpor longas distâncias entre pessoas que se amam é possível recorrer à imaginação e à sensibilidade. A artista plástica Luisa Helena Ribeiro ilustrou e também assinou o criativo projeto gráfico, que proporciona uma viagem lúdica ao pequeno leitor."

5. POMELO E AS CORES da Caramelo.
Você até pode pensar: "mais um daqueles livros para ensinar as cores". Só que não, gente! Não MESMO! Este livro é muito mais do que apenas ensinar as cores aos pequenos. Esse livro é poesia pura das cores. Daqueles que fazem despertar o olhar sensível da criança e levá-la a redescobrir os tons de cada uma das cores que já conhece. É na verdade uma pós graduação em cores! Um livro para observar, entre tantas nuances, o branco infinito da neve que cai e o branco cremoso do leite quente. O amarelo da lima azedinha e o amarelo ofuscante do sol do meio-dia. O vermelho tom de vergonha do tomate e o deslumbrante vermelho da paixão. Para observar também o azul celeste dos sonhos e o azul-escuro do desconhecido. O cor-de-rosa ingênuo de um algodão-doce, que traz tantas alegrias, o rosa que as saladas bem que deveriam ter ou o tom rosado do bumbum do Pomelo! Ah Pomelo! Você marcou nossas vidas esse ano e, claro: entrou para o top 5️.


Fica a dica!
 Amamos todos! Muito obrigada pela participação!

--------

Gostaram? Lindos, não?
E você? Queremos saber os melhores do ano da sua família também!
Escreva para a gente: kidsindoors@gmail.com e nos conte os SEUS melhores do ano!

Comentários

Veja também

Mostrar mais