O dia de Chu, Ed. Rocco Pequenos Leitores

Seu filho também voltou da escola comentando sobre a importância da higiene, de que é preciso lavar as mãos, e perguntando tudo sobre H1N1 ?

Algumas crianças, principalmente as pequeninas, podem confundir o alerta e este cuidados importantes redobrados, ficando assustadas sem saber como lidar com esta situação.
Aproveitamos aqui, para destacar a ilustração deste quadro informativo sobre as principais diferenças entre resfriado, gripe e H1N1.

A pedido de algumas mães, incluímos nas nossas atividades, o trabalho como esta literatura infanto-juvenil. Porque é pedido de mãe, consideramos máxima importância, e, ainda mais que estamos na semana em comemoração ao dia das mamães.
Nossa atividade, mesmo reforçando padrões de higiene, contou com ajuda deste ursinho neste livro lindíssimo, com ilustrações encantadoras. O objetivo era possibilitar um momento de descontração, com todos os pequenos envolvidos na história, favorecendo que todos curtissem muito. Resultado, altas gargalhadas!
"O dia de Chu" é a história de um bebê panda chamado Chu, a coisa mais linda e mais fofa do mundo. Acontece que ninguém é perfeito, e Chu também não: ele tem um problema de ALERGIA que o faz espirrar sem parar.

Até aí, tudo bem, mas o problema é que quando Chu espirra, coisas ruins podem acontecer.
Sem dizer exatamente que coisas são essas, o cultuado escritor britânico Neil Gaiman vai prendendo a atenção dos pequenos em O dia de Chu, que acompanha um dia de fortes emoções na vida desse simpático filhote.
Carinhosos e cuidadosos, os pais de Chu sabem que coisas ruins podem acontecer quando o filhote sente aquela coceirinha no nariz. E se atentam para qualquer sinal de que ele possa espirrar. Mas não é que às vezes as coisas acontecem quando menos esperamos?! Ou será que Chu gosta mesmo é de confundir seus pais (e o leitor)?
O dia de Chu começa com uma visita à biblioteca cheia de livros empoeirados,
Passa por um almoço no restaurante Moby Dinner, onde há um forte cheiro de pimenta no ar,
e termina com um animado espetáculo de circo.
Será que Chu vai espirrar hoje?
Com ritmo narrativo e bom humor, o escritor Neil Gaiman que é autor de vários sucessos juvenis, porém, neste livro ele mostra que também sabe falar a língua dos pequeninos, com frases bem curtas, mas que carregam um quê de provocação.
 
Numa parceria bem-sucedida, as ilustrações ultracoloridas de Adam Rex complementam a história com detalhes para lá de divertidos.
Lanche Criativo:
Vocês já sabem que no projeto Boa leitura Bom apetite, todas as nossas contações de história são seguidas da elaboração de um lanche criativo sobre o tema. Aqui, revelamos a vocês o nosso querido panda Chu.
Ingredientes:
pão de forma
queijo minas
ameixa
passas
alface

Aqui nas nossas oficinas ingredientes como ameixa e passas são os queridinhos, mas, o alface é sempre motivo de argumentação. Isso porque as crianças cada vez mais argumentadoras, tentam me convencer que podemos escolher outros ingredientes desta cor, mas, não precisa ser alface.
Eu estou cada vez mais escolada, ficando esperta, e eles nem percebem.
 Muitas vezes eu concordo com a mudança do ingrediente verde na roupa de algum personagem, mas, retorno com alface para justificar que precisamos de arvores e assim, incluímos este ingrediente como folhas se movimentando nas arvores. E assim, ponto para a presença do alface no prato.

Eu sempre reservo o tipo do alface americana, já consegui conquistar o paladar de vários.
Eu faço aquela festa quando chego pertinho do alface, dou ênfase (fresquinho, verde cor linda, crocante) e falo cantarolando aquele trecho da musica de Adriana Calcanhoto: "alface, oh alface..."

Se vocês estão agora curiosos, se perguntando: - Eles comeram o alface?
Eu respondo a vocês, o ursinho panda Chu conquistou TODAS as crianças, e quando essa conquista acontece, eles comem TUDO, se deixar, comem até o prato.
Ah! Alface aqui é puro, sem tempero - nada de mascarar o sabor do alimento.

 Aqui esta nosso ursinho Chu.
Boa Leitura, e Bom apetite!

Veja também

Mostrar mais