Dicas para ententer crianças presas em casa

Livros para o dia das mães



Durante toda a semana, em comemoração ao Dia das Mães, estamos mostrando livros em que elas são as protagonistas ou que ajudam a pensar a maternidade. 



Mudanças


Do escritor Ilan Brenman com ilustrações de Valeria Gallo, pela editora Edelbra.

Este livro não trata especificamente das mães mas mostra as diferentes fases que a criança passa durante o crescimento. Por que colocá-lo num post sobre o dia das mães?
Por causa destas imagens:


O bebê nascendo na banheira


E sendo amamentado no sling.

Confesso que tive uma grata surpresa ao ver as ilustrações.
Um ótimo livro para abordar o papel biológico e emocional da mãe. E também para ajudar quando surgir a temida pergunta "Como eu nasci?"
Livro grande de capa dura. Ilustrações expressivas, atraentes e muito bem humoradas.


Como ele foi parar aí dentro?


Outro livro do escritor Ilan Brenman com ilustrações da Vanesa Prezoto, editora Aletria
Já que o Ilan nos ajudou a introduzir o assunto no livro Mudanças, neste ele vai esmiuçar. Em "Como ele foi parar aí dentro?" A pequena Rafaela fica espantada com o tamanho da barriga da vaca Geraldina. Quando pergunta o porquê, os pais, pegos de surpresa, dão uma resposta estapafúrdia para a menina.


Depois Rafaela viu uma girafa no zoológico prestes a ter o filhote. Quando questionou os pais, outra resposta inventada. Não demorou muito para Rafaela encontrar uma moça grávida e querer saber 
"Como ele foi parar aí dentro?" 
De forma simples e bem humorada o livro conduz a criança (e os pais) a resposta para a pergunta.


O livro é lindo, as ilustrações de Vanessa Prezoto são apaixonantes.

O Monstro do pé molhado

De Nana Toledo, ilustrações divertidas de Guilherme Karsten, editora Gato Leitor.

A mãe de Lucas descobre uma coisa muito esquisita... Enquanto o filho toma banho, pegadas de monstro aparecem na sala. Lucas pega sua lupa e depois de observar bem, descobre que são pegadas do Monstro do Pé Molhado. A partir daí os dois passam o tempo todo atentos a cada pista que o Monstro deixa, tentando descobrir o que ele quer. Ajuda a lidar com o medo de monstros, muito comum nos pequenos. 

História muito fofa que nos faz lembrar que ser mãe não é apenas cuidar das necessidades dos filhos, é também se deixar envolver nas suas fantasias. Viver suas histórias é presentear-se com uma segunda infância.

Quero minha mãe-robô?


De Davide Cali com ilustrações de Ana-Laura Cantone, editora Rovelle.

Imaginação de criança é espaço sem limites e nesta narrativa, um garoto inventa um robô para substituir sua mãe. 

A mãe-robô, ao contrário da mãe de verdade, faz tudo que ele quer, comandada por um controle remoto. Ela pode ficar com ele o tempo todo, fazer todas as suas vontades, preparar a comida que ele mais gosta e não impor regras para o seu dia a dia. E mais, nunca lhe diz: Não! Parece perfeito... 

Mas ele sente falta de alguma coisa: o jeito de dar amor e carinho como só a mãe de verdade sabe fazer. Então é hora de repensar sua grande invenção.


A Mãe Que Chovia
 

 De José Luís Peixoto e ilustrações de Daniel Silvestre da Silva. Editora: Companhia das Letrinhas. 

 
Todos diziam que ele era filho da chuva. E todo mundo sabe que a chuva é uma super necessária ao redor do mundo. Então, desde muito pequeno, o guri precisa dividir sua mãe com o resto do mundo. Ela precisa cuidar não só dele, mas de um planeta inteiro e isso gera um problema, pois acaba ficando longe do filho, que tanto ama, por longos períodos. 

Ele precisa aprender a ter paciência e generosidade, a aceitar o trabalho de sua mãe e saber que mesmo longe,

 
 ela o amo incondicionalmente. Muito lindo e poético.


  Hector and Prudence

 De Bruce Koscielniak. Editora Knopf. Livro em Inglês.


Uma porca mora livre, leve e solta com seu porco. Um dia ela o convida para fazer um piquenique e reflete: Acho que precisamos de uma casa! Ele pergunta se ela não é feliz ali, livre, ela diz que sim, mas acha que está na hora de terem uma casa. Então ele aceita e partem em busca de uma. 


Tempos depois, ele diz que ela anda meio redondinha.  Ela disse que sim, mas que logo passa... 

 
E dias depois ele se descobre pai de 6 porquinhos!

 
O livro mostra a sutileza da mulher que percebe que vai ser mãe e os "jeitinhos " que dá em prol da família.


Onde está a minha mamãe?
 
De Oakley Graham e ilustrações de Daniel Howarth. Editora: Bicho Esperto.

 História de um bebê dino que nasce e vai procurar sua mãe.

Ele vai passeando pela paisagem e nem desconfia...



 Que na verdade ele está em cima dela. O leitor só descobre quando puxa uma cordinha e a sanfona abre, revelando a mamãe dormindo. Muito fofo. As crianças pequenas amam esse livro.

Fica a dica de livros! Tem muiito mais no blog! Basta colocar a palavra MÃE na caixa de pesquisa!