Dicas para ententer crianças presas em casa

WORLD READ OUTLOUD DAY

Oiii.
Hoje estamos participando da campanha do dia da leitura em voz alta!

Aqui em casa quando estou preparando o almoço a Cecília senta do meu lado e lê pra mim... Mas não é um ler só falando mecanicamente as palavras que aparecem na folha de papel.
Ela precisa ficar numa posição ereta, para que  a caixa toráxica fique reta e livre. Assim respira melhor e pode ler em voz alta com uma clareza maior, explorando a dicção e oratória, a impostação da voz (dosando a voz, o volume até, usando a força dependendo do tamanho do local - nem muito alto, nem muito baixo), a entonação, a pontuação, ritmo, ênfase nas palavras certas, isso tudo, além de ajudar na concentração e expressividade. 
Ler em voz alta para um outro requer habilidade que vem com a prática. Ela reforça e fortalece a gramática, como qualquer leitura, e ao mesmo tempo ajuda a fixar melhor as ideias, os conceitos e aprende a se comunicar melhor... Pois não basta uma verborreia para se entender o significado do que se está lendo. Lendo em voz alta a criança aprende a expressar-se para se comunicar, para transmitir uma ideia.
Na verdade verdadeira é importante pra todo mundo ler em voz alta, não só para as kids! Ajuda a gente a entrar dentro da história ainda mais, pensar como seriam os trejeitos dos personagens, as vozes... É muito curioso: ler em voz alta, com amor, repara, o corpo todo lê junto.
 
 Hoje foi minha vez de ler em voz alta para vocês:
Escolhemos o livro 
 GUS, THE TRAVLER de Yvette Pais, editora InVerso.

Gus o personagem principal do conto é um ratinho curioso, criativo e inteligente que gosta viajar pelo mundo de um jeito muito diferente. Nesse livro ele viaja para todos os 7 continentes e faz amigos pelo caminho.
 Ele acha fantástico a ideia de viajar a vários lugares, dando dicas culturais. Através de uma narrativa de ficção, Gus apresenta pro leitor fatos reais, um pouco dos pontos turísticos, da alimentação, aprende algumas palavras novas e expressões na língua da cidade onde está e passeia, levando um souvenir do lugar.
O livro é indicado para crianças de 7 a 10 anos. O texto é inglês para leitor fluente. 
É paradidático e usado por várias matérias por ser multidisciplinar.
Recebemos o livro da autora. Muito obrigada pelo carinho!
Ah! No final do livro há mapas para a criança colorir, fazer a sua própria rota de viagem, ou fazer a rota dos personagens do livro!

Minha leitura:
 
video

 E você? Que livro leu em voz alta hoje?