Dicas para ententer crianças presas em casa

Parque de Diversões em Pijamarama

Adivinhem quais são as coisas que mais gostamos aqui no blog?
Livros e brinquedos, claro!!! Então quando um livro consegue juntar nossas duas paixões artisticamente passa a ser um dos nossos preferidos.
O livro vem com uma lâmina "mágica" encaixada na capa.



No livro interativo Parque de Diversões, da Cosac Naify, Michaël Leblond e Frédérique Bertrand contam o que acontece com um menino depois que as luzes do quarto se apagam. Seu pijama listrado é o passaporte para a aventura.



As listras são o segredo para transformar as imagens estáticas em um festival de cores. Roda gigante, engrenagens, carrinho de choque e tudo o que encontraríamos num Parque de diversões, aparece como num passe de mágica. 

É assim que as imagens são antes de arrastar a lâmina listrada sobre elas.





O livro é de grandes dimensões, 240 x 320 mm, para poder passear com a lâmina e descobrir os movimentos. 
É assim, retira-se a lâmina da capa que deve ser arrastada pelas páginas testando a velocidade, até encontrar a que dará movimento às imagens. Aqui o vídeo de como funciona a brincadeira:


video

Em 2007, visitando um museu,  Leblond encantou-se com uma antiga técnica de animação japonesa, a ombro-cinéma, capaz de produzir ilusão de movimento nas imagens. A partir dela produziu a série de livros Pyjamarama. No Brasil, além do Parque de Diversões, a Cosac Naify publicou também Meus Robôs.

O Lucas e todos os que vem aqui em casa se encantam com o livro. Principalmente os adultos que não resistem ao ver a lâmina listrada e voltam a ser crianças no parque de diversões.