Dicas para ententer crianças presas em casa

Livros sobre Machucados {atualizado}

As ferias chegaram e com ela a liberdade! E com a liberdade... OS MACHUCADOS!
Então, com tanto filho e filha de amiga, levando ponto, contundindo mão, quebrando perna, ficando gripado... Eis minha seleção de livros para essas ocasiões:

Pegou ALERGIA, CATAPORA, DOR DE GARGANTA, NARIZ ENTUPIDO, OUVIDO INFLAMADO, DOR DE BARRIGA, DOR DE DENTE, CONJUNTIVITE:
 MORA PEGOU CATAPORA de Alexandre Azevedo e ilustrações Bruna Assis Brasil. Editora Roda & Cia.
Depois de dias de chuva Mora sai em busca dos amigos, mas cada um está com uma doença diferente. Texto divertido e com rimas.

Se você tem: ALERGIA, ASMA, BRONQUITE, CATAPORA, CAXUMBA, DOR DE CABEÇA, DOR DE GARGANTA, FRIEIRA, GALO, RESFRIADO, SARAMPO, TOSSE, COMICHAO, VERME, LOMBRIGA:
NÃO EXISTE DOR GOSTOSA de Ricardo Azevedo e ilustrações de Mariana Massarani. Editora: Companhia das Letrinhas.
O autor discursa e faz adivinhas com essas doenças que deixam as crianças (e adultos) de baixo astral. A Biografia do autor no livro é muito legal. Já falei dele AQUI.

Se teve que levar PONTOS:

A CICATRIZ de Ilan Brenman e ilustrações de Ionitz. Esse livro comprei pra Cecília nas férias de 2010, quando ela bateu o queixo, levou 2 pontos e ficou com uma cicatriz.
 Nesse livro a menina cai no chão, bate o queixo e precisa ir pro hospital levar uns pontinhos. E por onde passa as pessoas falam que também têm cicatrizes e cada uma delas, conta sua história pra menina. Ela fica sabendo que cicatrizes fazem parte da vida. E que cada uma é uma história.

Se ficou com uma BOLHA NO PÉ:
 A BOLHA DE RAQUEL PIMENTEL de Amy MacDonald. Editora: Brinque-book.
Raquel Pimentel achou uma bolha no dedo mindinho do pé. Era uma bolinha bem pequenininha que ela mostrou pra mamãe. 
E todos vieram em socorro - desde seus familiares até o bombeiro e o carteiro, o fazendeiro, o padre e o rabino. E sugeriram chá e limonada, gelo e salsão, oração e operação,
 mas nada adiantou.
Bem dramático ao estilo da criança de 2, 3 anos. Muito divertido!

Se você se BATE, CAI, TROPEÇA, levou um CHOQUE, PRENDEU a mão ou CHUTOU a porta:

DESASTRELIQUES de Tatiana Belinky e ilustrações de Liliane Romanelli.Editora: José Olympio.

 Sinopse:
Esse garotinho não é fácil! Parece que tem um bicho-carpinteiro no corpo. Não pára quieto um só instante, tudo o que vai fazer dá errado. É desastrado e derruba o que aparecer pela frente. Mas o que ele quer mesmo é brincar e se divertir, sem perceber que precisa prestar mais atenção nos objetos à sua volta.

Precisou ficar INTERNADO NO HOSPITAL:
NO HOSPITAL DO DOUTOR DÓI-DÓI de Caroline Jayne Church e ilustrações de Oyster Books Ltda. Editora: Impala.
Cada livrinho é um personagem numa cama. Tem dor de dente, dor de ouvido, machucado no rabo, espetar a pata num espinho e engolir um objeto.
O Dr. ajuda os diversos animais. Livros cartonados, ilustrações fofas, texto bem simples.
E

LIVRO DOS SEGUNDOS SOCORROS dos Doutores da Alegria. Panda Books.
Os “Doutores da Alegria” é um grupo de atores profissionais pioneiros em levar alegria para crianças internadas em hospitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte. Um pouquinho dessa alegria está nas 40 páginas de “O Livro dos Segundos Socorros”, que ganha nova roupagem nessa nova edição. A obra possui jogos, brincadeiras e dicas para as crianças entenderem o que são as doenças e como ter uma vida saudável.
“A primeira lição que a garotada nos ensina é que não se deve perder aquilo que está bom e saudável em nós: a capacidade de se divertir”, explica Wellington Nogueira, diretor executivo dos Doutores da Alegria.
O livro tem texto final do jornalista e escritor Marcelo Duarte (O Guia dos Curiosos) e do próprio Wellington. As ilustrações são do artista plástico Orlando Pedroso.

Repleto de ilustrações, desenhos coloridos e personagens cativantes, a publicação oferece, entre outros atrativos:
- Espaços para as crianças escreverem e destacarem bilhetes carinhosos e engraçados para a equipe médica, pais e amigos;
- Brincadeira de corte e recorte "Vista seu Médico" - com o desenho de um médico e uma médica e várias peças de roupas "clownescas" para vesti-los;
- Quadro ilustrado com Hospital de Heróis, como o Tocha Humana (que chegou ao pronto-socorro ardendo em febre) e Branca de Neve (que teve uma crise de anemia) e veio acompanhada de Atchim (que andava muito resfriado);
- Calendário de Enfermérides, com o Dia da Língua (hoje todo mundo mostra a sua para todo mundo), Dia da Piada Infame, Dia Mundial da Abobrinha, Dia do Biscoito;
- Exame Médico com testes de múltipla escolha:
"O que é um médico de plantão":
a) um médico que cura samambaias
b) um médico que atende palmeiras
c) médico que sobe em coqueiros;

- Um Pequeno Dicionário de Segundos Socorros, como por exemplo: Compressa - Médico que passa rapidinho no quarto / Cesariana - Casal formado por César e Ana etc.

MACHUCOU, mas só precisou de um Band-Aid:
AI, MACHUQUEI de Thiago Lopes. Editora Brinque-book.
O livro é cartonado e várias imagens de criança brincando que de repente, sem querer,
 se machucam e os leitores colocam o band-aid (que vem no livro preso numa fita) no ferimento. Para criança pequenas. Elas adoram esse livro.

Precisa ir AO MÉDICO:
ERAM CINCO de Ernst Jandl e ilustrado por Norman Junge. Editora Cosac Naify.
O livro é minimalista e indicado para pequenos leitores que têm medo de médico. Propõe a dedução como forma de aprendizado. Quando uma porta de uma sala se abre, sai um dos cinco personagens iniciais, e assim por diante, até restar apenas o boneco Pinóquio de nariz quebrado. A repetição ajuda a prever o que acontecerá nas páginas seguintes. Mas a maior surpresa é descobrir que não há mistério em ir ao médico. Uma forma divertida e educativa de acabar com medos. Mas o que será que existe atrás daquela porta que faz as pessoas entrarem preocupadas e saírem sorridentes? Eram cinco na fila de espera, cada qual com a sua mazela. E atrás daquela porta, uma luz.

E


A JORNADA DO PEQUENO SENHOR TARTARUGA de Inge Bergh, Inge Misschaert e ilustrações de Kristina Ruell. Editora Pulo do Gato.

O pequeno Yomi adoece gravemente e precisa ser examinado por um médico do hospital da cidade distante. Com o filho nos braços, a mãe de Yomi inicia a longa viagem: a pé, de burrico, de caminhonete, de carro. O trajeto parece não ter fim. Para distrair e encorajar o filho, a mãe conta a história do pequeno senhor tartaruga, que realiza uma perigosa jornada em busca da realização de um sonho.

Se você está com SOLUÇOS:

O SOLUÇO DO SR. ZEBRA de David McKee. Editora: Martins Fontes.
O Sr. Zebra vai passear e fica com soluços... coisa mais deselegante!
 Cada amigo aponta uma solução (nada elegante)e ele não quer nem saber... até que suas listas começam a ficar esquisitas. Aí não tem jeito... precisa encontrar urgente um jeito de acabar com o soluço.

Se você QUEBROU alguma parte do corpo:
ZUZA, A ZEBRA de Kes Gray e Mary McQuillian. Coleção Amigos do Saracura. Editora: Salamandra.


 Enquanto cuida de seus doentinhos com seus remédios e curativos, a enfermeira Mordisquinhas conta como Zuza, a Zebra, é tão nervosa que acabou quebrando o tornozelo. Com os pop-ups divertidos.

MOMO, O MACACO. de Kes Gray e Mary McQuillian. Coleção Amigos do Saracura. Editora: Salamandra.

É a história de um primata levado que, do alto galho de uma árvore, derruba frutas na cabeça de outros animais. Para fugir, ele se prende a um cipó verde, que na verdade é uma cobra, e o derruba com toda força... Pop-ups muito engraçados.


Se você CAIU NO CHÃO, RALOU O JOELHO, TEVE INSOLAÇÃO, DIARREIA:

MINI LAROUSSE DOS DODOIS de Benoit Delalandre e ilustrações de Clément Devaux. Editora:Escala Educacional. Quem nunca na vida caiu no chão e ralou o joelho? Ou brincou na praia o dia inteiro e saiu com o nariz vermelho? Quem jamais sentiu choque no cotovelo? Ou passou a tarde inteira no banheiro? Dodóis não são confortáveis. Eles incomodam, atrapalham a brincadeira, nos fazem chorar. Mas também não são tão complicados assim, e, às vezes, basta um carinho da mamãe ou uma passadinha no doutor para a lágrima secar. Descubra nesta deliciosa leitura que, sim!, os dodóis fazem parte da nossa vida, mas com cuidados simples podemos lidar muito bem com eles.


Vou complementar a lista, assim que a gente for lendo mais sobre o assunto. Espero ter ajudado a aliviar a dor de algumas crianças! Beijocas, se cuidem e melhoras pra todos!

0 comentários:

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)