Refletindo sobre princesas...

Hoje nossa convidada, Lucia Albanez, está de volta com uma reflexão sobre as princesas.
Elas encantam as meninas, principalmente as pequenas. É bom a gente ficar de olho nessas princesas e as mensagens que estão passando para as nossas princesinhas!

Refletindo sobre princesas - por Lucia Albanez

"Sempre gostei de fantasias e contos de fada.
Porém, uma coisa  incomodava-me muito nos contos de fada: a solução da vida era o príncipe e as princesas casavam cedo, pois isso era o melhor destino que lhes cabia. Eu não conseguia me identificar muito com isso.

Graças à Deus e ao bom senso, com a mudança dos tempos, as princesas também mudaram.
Em Valente, a Merida resolve ser dona de seu próprio destino pois acha que um torneio não é a melhor ferramenta para escolher um marido. E mais, tem um final feliz e convence os demais que os filhos devem fazer suas próprias escolhas, inclusive dando-se ao direito de se apaixonar por quem quiserem.
Em Frozen, o ato de amor verdadeiro não era amor de um homem por uma mulher ou vice-versa. Esse ato era de amor fraternal. Fora outros aspectos como as aparências enganarem e não ser sensato se casar com quem acabou de se conhecer.
Em Enrolados, Rapunzel não se casa no final e vira a princesa que todo reino deseja ter. Fofo né?
Em Encantada, Gisele não se casa com o príncipe Edward. Ela se apaixona por um cara real que é viúvo e tem uma filha. No final, eles ficam juntos e formam uma linda família. Para completar, Gisele vira empresária aproveitando seu talento nato de fazer lindos vestidos, e inaugura a loja Andalasia.
A princesa Fiona se apaixonou por um Ogro e constituiu uma família com o Shrek, mesmo não sendo o óbvio e a escolha que seu pai achava mais conveniente.
Como lembrado por uma amiga, em A Princesa e o Sapo, a Tiana é uma mulher negra, que além de linda e trabalhadora, é determinada e com seu trabalho e esforço consegue o dinheiro para iniciar seu negócio. Apesar dos mil problemas que enfrenta, não desiste do seu sonho. Após ensinar para o príncipe o valor do trabalho e do dinheiro, consegue construir junto com ele o lugar para realizar seu sonho, abrindo um restaurante no final do filme.

Ainda acho muito legais as mensagens das historias mais antigas, com lições e mensagens bacanas e válidas.

Mas confesso: estou apaixonada por essas novas princesas."

Comentários

  1. Quem nunca gostou das histórias das princesas? Mas tbm prefiro as histórias atuais... e até as histórias de antes que estão com uma visão diferente, como Branca de Neve e o Caçador; Espelho, Espelho Meu; Malévola (q tbm mostra q o príncipe não era o grande amor na história)...
    Dos desenhos de princesas, aqui dizemos que somos Fiona (eu) e Shrek (marido), pq minha família começou a achar q ele é idêntico ao ogro mais amado do planeta kkkk
    Mas eu AMO Valente... pra mim foi um dos melhores filmes novos de princesa huahauhauahu Mas amo todos esses novos tbm, com novas formas de ver a importância dos tipos de amor.
    Adorei o post!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Telma Maciel, adorei seu comentário. Valente realmente foi um divisor de águas. Adoro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)

Veja também

Mostrar mais