Dicas para ententer crianças presas em casa

O LIVRO DA VIDA

Já faz algum tempo que recebemos esse livro da editora Companhia das Letras. Mas para fazer o post, lemos e depois fomos observar a vida que nos cerca.
 O LIVRO DA VIDA de Pernilla Stalfelt. Editora: Companhia das Letrinhas. 

Como é difícil definir a palavra VIDA. Você já parou pra pensar?
Esse é um livro com pouco texto e muitas ilustrações bem humoradas, que mostra como a vida pode ser mágica e ao mesmo tempo tão diversificada: Ao mesmo tempo que temos bactérias minúsculas, e formigas, temos elefantes, planetas, estrelas e galáxias. Super complexo, mas igualmente incrível! E o TEMPO? O que é? Por que ele existe? Funciona igual pra todos? Rotina é bom? Ou só serve pra marcar o tempo? Como a gente sabe que está vivo de verdade? O que é sonho? O que é real?  Muito interessante e faz os pequenos pensarem e perguntarem ainda mais sobre a vida! 

Sinopse: Pensando sobre essas questões, que costumam passar batidas no dia a dia, será possível perceber como a vida é importante e que cada um pode viver à sua maneira, mas também que todos nós passamos por algumas experiências em comum, como nascer, comer, respirar e envelhecer, e que então não estamos sozinhos no mundo. 

Vamos brincar?
Nossa primeira atividade foi de observação e cuidados. Cuidar da planta fornecendo terra boa, água e sol. Limpando e tirando as folhas mortas. Observando os insetos e outros pequenos animais que vieram conhecer nossa planta, como lagartas, formigas, aranhas, borboletas, joaninhas, besouros, mariposas, lagartas e lagartixas. Observar como as plantas (pés de manjericão,  mini rosas e pimentas) cresciam, se desenvolviam e morriam (flores e pimentas). Onde estavão escondidas as sementes, como as pétalas caem, como a planta muda de cor, etc.. Você já reparou que as folhas das roseiras são avermelhadas quando novas? E como aos poucos ela vai ficando verde escuras? É muito legal de ver! E como são plantinhas pequenas, podem ficar na janela de qualquer apartamento, mesmo os menores.
 Mas como eu gosto MESMO de observar as coisas (e de comer bergamota), compramos uma Bergamoteira (lá do sul) que fica no canto da sala do nosso apê. Eu prendi os galhos juntos (com um cordão de algodão), para não ficarem ocupando muito espaço.
E no vaso ainda plantamos algumas coisas como Espadas de São Jorge (descobrimos que dão flores!), Orquídea (que está morrendo - caiu da árvore muitas vezes), a trepadeira de Guaco e a raiz  Gengibre. Ah! Também tem um vasinho de Violeta e um casal de jacarés que moram lá.
Sim, ainda por cima é um lugar selvagem para bonecos e carrinhos.
Aqui também observamos a vida nascer, crescer e morrer.
Uma atividade que leva tempo e paciência, além de ser uma forma maravilhosa de ver  de perto o (extraordinário e) milagre da vida!

Mas sempre que podemos queremos mais! Brincar mais com o livro!
Passeando com a Pérola, encontramos essas folhas secas de baixo de uma árvore. Fizemos um estoque em casa! São tão lindas! Mais um momento de observação com lupa! Parar e ver as veias, as minúsculas linhas e desenhos que se formam em cada folha. Uma verdadeira obra de arte!
A Cecília logo quis brincar de fazer desenhos com elas. Me pediu fotos...
 Não tinha. Assim de noite, não tinha fotos que ela pudesse recortar... Só uns xerox de fotos antigas, de outro post que fizemos anos atrás. Ela aceitou.
 Olha a cara de sapeca!
 E ficou assim! Uma fadinha sa-fadinhas!
 Fica a dica do livro, das plantas e do desenho!

Um comentário:

  1. Gente, esse vaso de bergamota é uma verdadeira floresta!! Lindo demais o desenho da Ceci.

    ResponderExcluir

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)