Dicas de segurança, caso a criança se perca de você.

UM TANTO PERDIDA de CHRIS HAUGHTON. Editora: Ática, ISBN: 9788508150878

Eu adorei esse livros por várias razões!

Primeiro as ilustrações são de fazer surtar as pedagogas mais ortodoxa (kkk): O chão é AZUL, as árvores são VERMELHAS E ROXAS e o céu é VERDE e onde só tem os personagens NÃO TEM LINHA DE CHÃO! Só por isso já vale ter esse livro! Na arte, no desenho não existem REGRAS, nem certo, nem errado!

E depois o assunto é muito pertinente: Uma criança pequena se perde da mãe. O que a corujinha filhote vai fazer pra reencontrá-la?

Eu resolvi mostrá-lo agora em função da adaptação escolar, de que muitas crianças estão saindo de casa e ficando com professores (pessoas "estranhas", não familiares) pela primeira vez.

É importante não surtar e virar uma neurótica (e eu me vejo aqui) quando falar sobre o assunto com as crianças, mas é importante falar! Uma criança que sabe que pode se perder é mais cuidadosa e sabe que se perder não é uma situação ideal, mas não vai entrar em pânico e piorar as coisas. Não é pra fazê-lo ficar com medo do mundo! Mas instruir seu filho com conhecimento básico vai ajudá-los a se sentir mais seguro e confiante que caso ele se perca, você irá encontrá-lo.

Bora preparar as crianças pra saberem o que fazer caso se percam:

1. Ao chegar num lugar novo (novo: não é a sua casa, pode ser shopping, na escola, num teatro, num parque, etc...) combine um lugar de encontro: pode ser no escorregador, perto do bebedor,  perto da loja de brinquedos, onde se paga o estacionamento, junto ao banco, no caixa do supermercado número 5... Combine com a criança.

2. Mostre pra ela quem são as pessoas que ela pode pedir ajuda nestes locais.
Salva-vidas na praia, segurança no shopping, policial na rua, pessoa uniformizada da escola, da loja ou supermercado. OU diga pra falar com a mães com crianças mais próxima que tiver. Mães sempre vão ajudar crianças perdidas! Não peça ajuda pra qualquer um, há gente mal intencionada em qualquer lugar!

3. Diga pra seu filho agir desta maneira, caso se ele veja que se perdeu de você:

A) Pare. Não saia correndo!
B)  Permaneça ereto e forte, com a cabeça levantada pra ficar mais visível pra você o enxergar.Criança encolhida, sentada não consegue ser visualizada prontamente, no meio de uma multidão. Isso faz ele focar e permanecer calmo.
C) Diga pra ele, olhar em volta de onde está, pra tentar te localizar. A maioria das vezes que a criança pensa que está sozinha, os pais estão beeem pertinhos.
D) Caso ele não consiga ver o adulto (com quem estava), diga pra gritar o nome (ou apelido) do adulto o mais alto que puder. GRITAR em qualquer lugar: biblioteca, igrejas, cinema, restaurante, teatro, escola. Criança bem comportada, precisa saber que neste caso ela deve esquecer as boas maneiras e gritar pra valer!
E) Caso ela não consiga te achar mesmo assim, ela precisa ir imediatamente ao local combinado no início do passeio. 
F) Se ela não conseguir mais achar o local combinado diga pra ela achar um adulto de uniforme pra pedir ajuda ou mães com filhos. 

4. Assim que a criança aprender os números, faça-a decorar seu número de telefone. Eu espalhava cartazes e letras de E.V.A, imãs de geladeira com o número e ainda prometi assim que decorassem, iriam ganhar um presente (cada um ganhou um livro).

5.  Ensine, além do número de telefone, o nome completo, endereço (e olhe que isso é complicado, nós estamos sempre de mudança!), onde os pais trabalham, nome dos pais, um e-mail e o nome ou endereço do site que você tem(se tiver um). Ensine-o a descrevê-lo também. Assim vai ser mais fácil de te localizarem, caso alguém encontre seu filho.

6. Sempre que a criança sair, coloque no bolso dela um cartão de visitas seu, mesmo indo pra escola. Ou compre aquelas etiquetas personalizadas e junto ao nome da criança coloque seu nome e telefone. Há várias empresas fazendo TAGS, com foto e dados das crianças, além de pulseiras identificadoras.

7. Sempre fale que você nunca irá esquecê-lo (algumas crianças tem pânico de ficar na escola pq acham que você poderá esquecê-lo), que sempre, sempre vai buscá-lo ou achá-lo. Que você nunca vai desistir dele (não com essas palavras, claro, mas enfatizando o sentido). Sempre fale do amor que você sente. Isso a deixará mais segura.

8. Muitas vezes as mães dizem: "Não fale com estranhos" As crianças interpretam a palavra "estranho" como "assustador, mau, feio", então uma pessoa bonita, calma e sorridente, na cabeça deles não é estranha. E a maioria das vezes o perigo mora aí! Explique pra ela, que se ela se perder precisa falar com um estranho, mas combine que sejam pessoas como no item "3.F)". 

9. Sempre carregue uma foto do seu filho. Isso ajuda os outros a ajudarem você a procurar pela criança. Aliás, o ideal é tirar uma foto do filho antes de sair de casa, até pra saber exatamente que roupa ele está usando, pra identificá-lo mais rapidamente.

10.  Não fique com vergonha de usar mochilas com alças pra você segurar, pulseiras com elásticos nas crianças, pior que isso é perdê-las. Eu usei e não me arrependo.

Treine as dicas com seu filho. Não descuide: crianças são ligeiras! :) :)

Fica a dica!

Comentários

Veja também

Mostrar mais