CÓSMICO

Eu geralmente não posto livros que (ainda) não tenha lido para as crianças. Eu sempre leio os livros antes, ou começo lendo sozinha e em seguida começo lendo pra eles, mas sempre termino antes. 

Por quê leio antes? Para saber do que se trata, como é o "clima" do livro, para poder fazer as vozes, inventar sotaques, entre outras coisas... ou até mesmo estar preparada (ou pesquisar) de antemão para as perguntas que possam decorrer da nossa leitura (principalmente se forem livros sobre ciência). 

E não gosto de postar antes de ter o aval deles, que são super críticos e dizem na lata todos os prós e contras de cada leitura.

Mas como ultimamente tenho recebido vários pedidos de livros para crianças um pouco maiores, resolvi escrever agora (assim os pais podem correr para encontrá-lo no final de semana) sobre o livro: 
CÓSMICO de FRANK COTTRELL BOYCE. Editora: Seguinte ISBN: 9788565765039
Um livro muito divertido para crianças de 9,10 - 14 anos (ou de menor ou maior idade, dependendo do que a criança gosta).

Resumindo:
Liam é um guri de doze anos que mede mais ou menos 1,80 e parece ter mais ou menos trinta anos. Muitas vezes isso é bom: ele pode fazer coisas que os amigos não podem! Convencer um vendedor a deixá-lo fazer um test drive num Porsche sem apresentar a carteira de motorista, andar em brinquedos para adultos nos parques de diversões, parecer ser o novo professor substituto da escola são algumas das coisas legal que uma criança/adulta pode fazer. Mas muitas vezes ele sente-se preso em outro mundo, como num RPG real: uma criança presa num corpo/mundo adulto.

 Então Liam decide tirar proveito da sua situação e participar de um concurso que vai eleger o melhor pai de todos os tempos - ele concorrendo como pai! Para isso vai precisar da ajuda e cumplicidade de sua amiga Flórida que não está, a princípio, muito a fim de colaborar com seu plano. Para convencê-la, Liam, pega emprestado do seu pai o livro "CONVERSE COM SEU FILHO ADOLESCENTE" e tenta persuadí-la usando as técnicas descritas.

Muitas vezes eu tava lendo e sentindo uma dor no rosto. Daí me dava conta de que eu estava sorrindo tanto, enquanto lia, que os músculos estavam doendo! Não conseguia para de sorrir e rir, muitas vezes, lendo como o Liam agia e lembrando do meu sobrinho de 14 anos, do gosto dele pelos RPGs virtuais e rituais de passagem de níveis nesses jogos, que ele adora tanto!
Muito divertido! Recomendo muito! 
 Agora que terminei o livro (meu companheiro de vários cafézinhos) vou emprestar pro Antônio (meu sobrinho), ele com certeza vai amar!   

Comentários