MORTOS DA FAMA - INVENTORES e suas ideias brilhantes

 Vou dar um pause nos post de festa para apresentar à vocês o livro que estamos lendo e adorando!!! 
 Assim que chegou o Cássio correu pra mostrar pro meu pai.
 Que assim como ele, adora ciência!

Sim, meu filho é louco por ciência! Várias vezes acordei e ele já estava ao pé da nossa estante de livros, lendo as enciclopédias de ciência que temos. 
Os dvds favoritos dele são do Beakman, um cientista maluco, dos anos 90, que tornava a ciência divertida! Esse livro segue o mesmo princípio! Ciência pode e é divertida!!!

 MORTOS DA FAMA - INVENTORES E SUAS IDEIAS BRILHANTES de MIKE GOLDSMITH e ilustrações de CLIVE GODDARD. Editora: Cia das Letras ISBN: 9788535918854

O livro começa explicando o que é um inventor, que pode ser:
* a primeira pessoa a ter uma ideia;
* alguém que fez a primeira invenção de alguma coisa;
* alguém que fez uma coisa funcionar tão bem que todo mundo quer um igual;
ou/e (porque um inventor também pode ser todas as opções)
* a primeira pessoa a patentear uma ideia.
 O livro traz ainda capítulos sobre Arquimedes, Leonardo da Vinci, James Watt, George Stephenson, Thomas Edison, Alexandre Graham Bell, os irmãos Wright (e aí discutimos sobre Santos Drumont, de como uma coisa pode ser pensada em 2 lugares ao mesmo tempo e também sobre como valorizam uns e menosprezam outros), Jonh Logie Baird, Guglielmo Marconi, entre outros!

E claro que você pode fazer experiências semelhantes em casa, depois de cada capítulo lido!
Escolhemos Arquimedes para começar. 
O livro conta a história de um rei que deu à um ourives 1 kg de ouro para que ele fizesse uma coroa. Quando a recebeu sentiu que ela pesava 1 kg, mas desconfiou do seu servo. Então mandou chamar Arquimedes para que esse descobrisse se o ourives estava mesmo falando a verdade, mas sem derreter a jóia.
Arquimedes pensou, pensou e pensou. Um dia quando ele foi tomar banho numa banheira (na época elas eram públicas) viu que ao entrar, parte da água transbordou. Ele percebeu que isso poderia ser usado para determinar o volume da coroa.  Ela deslocaria uma quantidade de água igual ao seu próprio volume. Arquimedes fez isso com a jóia e depois com um 1 kg de ouro e descobriu que a coroa moveu muito mais água que o ouro sozinho, em estado bruto. Assim descobriu-se que o ourives tinha adicionado ao ouro uma quantidade de prata (um metal mais denso) para fazer a jóia para o rei!
E com base nessa história vamos trabalhar a noção de volume. Desculpe as fotos, a máquina, bem na hora, resolveu dizer que as pilhas estavam acabando e toda hora desligava-se.
Numa pote transparente colocamos uma quantidade de água.
E marcamos o nível dela com uma fita adesiva verde.
Marcadinho!
Depois adicionamos pedras de gelo.
E, com fita crepe, marcamos o novo nível da água.
Fica assim. Então pedi pra eles escreverem o que achavam que iria acontecer quando o gelo derretesse.
Os dois escreveram que o nível da água iria subir ainda mais!

E ficaram em cima... só observando.
E observando!
E, no final, o gelo derreteu e a água não subiu mais Arquimedes diz que qualquer objeto que flutua irá deslocar seu próprio peso em água e qualquer objeto que afunda irá deslocar uma quantidade de água igual ao seu próprio volume. 
OK! Mas afinal o que é volume? O que é peso? Sim isso também precisa ser explicado!
Peso: Nos diz quanto pesado (gramas ou quilos, por exemplo) uma determinada coisa tem.
Volume: Nos diz qual a quantidade de espaço que essa coisa ocupa.
  Então fomos mais a fundo, pra testar se isso era verdade!

 Começamos medindo 1 kg de arroz.
 E depois propus medirmos 1 kg de almofadas. Mas só caía.
 Então, a avó, colocou uma régua em baixo e arrumou a balança pra desconsiderar o peso da dela.
 Empilhamos. Daí perguntei: Qual dos dois tem mais volume?
 Os dois responderam o arroz, por que tem milhões de grãos de arroz e só tinha 3 almofadas! Aqui entra a explicação de VOLUME=ocupa mais espaço físico. Aí responderam almofadas, elas tem mais volume.
 Começamos a pesar os livros. 1 kg exato.
 E já nem precisei perguntar! Falaram que os livros têm mais volume. Mas será mesmo?
 Depois ele começou a pesar tudo e comparar. Um bicho que ele fez de sucata (ele vai aparecer em outro post)...
 Sua bola de futebol.
 Estojo e agenda... e, então...
 começamos a colocar tudo que ele tinha na mochila: lanche, agenda, bola, estojo, 2 caixas de achocolatado..
 caderno, boneco e um trabalho. No total deu 2 kgs e meio! Seriam 2 pacotes de arroz e meio. Prontamente me falou que as coisas dele tinham mais volume, tanto que nem conseguia fechar a mochila direito!!
:)
Recomendo o livro, atice a curiosidade do seu filho também!!! Se você quiser, clica AQUI, que você pode ler um capítulo do livro!!! :)

Comentários

  1. Tá igual ao Sid o Cientista! Hehehe
    Muito legal esse livro!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaaaaammeeiii esse post. Meu deus. Quanta saudade, quanta lembrança.

    Quando era criança, ali, da idade do seu filho, também era louca por ciência. Estava sempre fuçando enciclopédias e lendo sobre inventores, universo. O que me fascinava era o corpo humano. Era louca também pelo Beakman. Passa até hoje na TV Cultura e, preciso nem dizer, que ainda vejo com olhos atentos e curiosos.

    Amei a ideia de como atiçou a curiosidade dos seus pequenos e, principalmente, como eles curtiram, as respostas...delícia essa curiosidade.

    Por falar em curiosidade, hoje sou jornalista (e não cientista ou inventora..heheh). Mas posso dizer que o espírito da curiosidade, do questionamento (aquele monte de "porquês" que as crianças amam) ainda estão aqui, firmes e fortes, e são fundamentais para minha profissão.

    Parabéns pelo blog e pelos filhos lindos.

    Bjs.

    Vanessa Franquilino

    ResponderExcluir
  3. Amei!!! adoro essa coleção! quando tinha os meus 11, 12 anos comprei o do Isaac Newton, me apaixonei e comprei alguns outros! era apaixonada por ciencia, e com uns 15 anos lia livros que universitarios de fisica tinham dificuldade (tudo bem que tinha um pai fisico que tirava todas as minhas duvidas, hehehe) Acabei fazendo psicologia, mas seu post me fez relembrar de momentos maravilhosos que tive com essa paixão pela ciencia! Brigada ;)

    ResponderExcluir
  4. Adorei!!!

    O livro, as experiências, tudo! Olha só quanta coisas eles aprenderam sem nem perceber!!!!

    Eu adorava o Mundo de Beakman, onde você comprou o DVD?

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana. Me passa o teu email pra gente conversar. Meu irmão gravou pra mim as fitas de vhs daquela época! bjos, gi

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)

Veja também

Mostrar mais