El Yeti

Outro livro que descobri no Uruguai.

 EL YETI ilustrações de Rébecca Dautremer, com o texto de Taï-Marc Le Thanh, pela editora Edelvives.

A moça vive obcecada pelo Yeti, o ser mitológico do Himalaia. Dorme, acorda, respira pensando nele.
Tudo que ela mais sonha na vida é encontrá-lo. Fica até imaginando diálogos entre os dois.

É um livro grande em muitos sentidos. Primeiro pelo formato.
Ele é bem mais alto e mais largo que um livro comum, fazendo com que o leitor, principalmente a criança, quase entre pra dentro da história.
É um livro ilustrado, um álbum ilustrado lindo.

As ilustrações são oníricas e nos remetem a uma grande solidão, como se o tempo ficasse em suspense, nada vai acontecer até a personagem encontrar o objeto do seu desejo, nada mais importa na vida, nada mais tem importância (como acontece dentro da cabeça de quem tem alguma obsessão).

O texto é sutil, não revela muitas coisas, deixa quase tudo a cargo do leitor... O leitor, com sua bagagem vai completando as entrelinhas, tornando a experiência única. 

Ao mesmo tempo que estamos lendo o monólogo da personagem (no que ela pensa, o que ela busca, o que ela vê), as imagens nos mostram o objeto do seu desejo bem ali, ao seu lado. Será que ele estava o tempo todo alí, e ela nunca percebeu? Ou será que aquilo é tipo uma assombração, que a perturba e que só nós, de fora, podemos ver, o quanto atrapalha sua vida?

Uma leitura intimista de tirar o fôlego.
Fica a dica. 
Boa leitura.

Comentários

Veja também

Mostrar mais