Educação financeira ou livros sobre dinheiro {para crianças}

Hoje vou falar de livros importantes que lemos por aqui.

Principalmente por que o dia das crianças vem aí.


O DEUS DINHEIRO de Karl Marx, ilustrado pelo espanhol Maguma e publicado pelo selo Boitatá, da Boitempo.

Baseado em partes do Manuscrito econômico-filosóficos, de 1844, que Karl escreveu criticando um mundo que começava a consumir desenfreadamente.
Maguma fez residência na editora indiana @tara_books e agregou elementos visuais da realidade local, além de influências da pop arte e das pinturas de Bosch. Uma mistura que surpreende.

O formato em sanfona, faz com que a história vire um círculo sem fim, quando a tiramos de dentro da capa dura (com detalhes em dourado). Livro impactante para todas as infâncias. E super necessário hoje em dia. Leitura e saber ler é um tipo de poder. Vamos ler livros que façam esse poder (de saber, de escolher, de pensar por si mesmo, de questionar, de perguntar,...) aumentar. Dinheiro é outro tipo de poder. "O lugar de todos os sentidos físicos e espirituais passou a ser ocupado, portanto, pela pura alienação de todos esses sentidos: pelo sentido de ter. " Fica a dica!

Livro imagem de Afonso Cruz: O CAPITAL, da Sesi-SP editora. Muito legal! Forte, expressivo. Mostra o guri se transformando a medida que seu cofrinho vai engordando, ou a medida que o dinheiro vai ficando mais e mais importante.

 Perfeito pra trabalhar com as kids: valores, mercado, ética, desejo, consumo, trabalho, dinheiro, sociedade, trabalho, fonte de renda, seres humanos, vaidade e vida.
 Ele mostra a super valorização do dinheiro e como isso foge de controle e acaba passando por cima de todo mundo. Realmente não fala de classe sociais. Mas mostra as pessoas sendo comidas pelo dinheiro, sendo tragadas pra dentro dele, sem dó nem piedade e também o "dinheiro", destruindo a cidade como um Godzila, no final. O guri inocente, se torna um homem, que não se importa com o que está acontecendo, desde que o porco vá engordando. Mas no final, tenta fugir do próprio monstro que criou. Pelo menos é a visão que tive. Mas o que mais gostei é que, como não tem texto, a professora ou pais, podem propor várias leituras e questionamentos.


DINHEIRO COMPRA TUDO? de Cássia D'Aquino e ilustrações de Caio Cardoso, Tatiana Paiva, Thiago Cruz. Editora Moderna.  

Eu não sei se na casa de vocês já aconteceu, mas aqui em casa, as kids já me fizeram essa pergunta, quando eram bem pequenas. Onde é fabricado o dinheiro? As moedas têm sempre o mesmo formato? Qual a maior cédula do mundo? Afinal, dinheiro compra ou não felicidade?

O livro é bem informativo e explicativo, traz pontos importantes sobre como consumimos muito além do que precisamos, por conta da propaganda e até do ciúmes e da inveja de ter (mais) o que o nosso amigo, vizinho, parente tem.

Tem também dicas de como cuidar do dinheiro que circula pelas nossas mãos.

 É bem didático. Excelente pras aulas de economia e educação financeira.


GUIA DO CONSUMIDOR MIRIM de Maria Helena Esteban e ilustrações de Flávio Dealmeida. Editora Rovelle.

Alguns amigos resolvem organizar uma festa, alguns seguem para um mercado, onde passam por situações que ensinam sobre as relações de consumo e sobre as leis que protegem os consumidores.

Muita gente não gosta do termo CONSUMIDOR MIRIM. Mas vamos falar serio: quantas vezes você já viu a criança decidir, no supermercado, o que os pais vão levar pra casa? Eu, milhares!!!

E daqui a pouco já é dia das crianças. Já pararam pra pensar no bombardeio de propaganda que vai começar na TV?

 Ele mostra como os preços podem ser abusivos e a propaganda pode ser falsa.

Dicas de como proceder e principalmente como ficar atento quando a questão envolve dinheiro. Ao final do livro um pequeno guia reforça os conceitos e serve para uma consulta rápida da criança e dos pais.


O terceiro livro que temos sobre educação financeira é

ALMANAQUE MALUQUINHO - PRA QUE DINHEIRO? Da Globinho. 
Ele é também bem didático e, diferente dos outros dois, é em formato de quadrinhos (que as kids pequenas adoram). 

Junim e a Turma do Menino Maluquinho se veem às voltas com as dificuldades para administrar mesadas, despesas, cofrinhos e compras, pois o dinheiro nunca chega até o fim do mês.

O legal é que ele explica um montão de coisas que as crianças sempre estão perguntando, como por exemplo pq as células de dinheiro tem tantas imagens, fiozinho, partes transparentes, partes que brilham, etc... 

Mostra como uma família pode fazer um orçamento participativo, com seus membros. E também como de um local pra outro, os preços variam, mesmo sendo o mesmo produto. Tem muito mais, claro. São sete histórias em quadrinhos e seis curiosidades. 

Divertido, o Menino Maluquinho é sempre sucesso.

COMO SE FOSSE DINHEIRO de Ruth Rocha e Mariana Massarani, editora Salamandra.
Já falamos dele AQUI.


Falar de política, também é falar de dinheiro! Temos um post AQUI com livros sobre o assunto!

Comentários

Veja também

Mostrar mais