NINGUÉM VIRA ADULTO DE VERDADE


NINGUÉM VIRA ADULTO DE VERDADE de Sarah Andersen, editora Seguinte.


Cara de sono!!! Semana passada chegaram vários livros da parceira Companhia das Letras e entre eles esse do selo Seguinte. O livro é todo em tirinhas sobre uma moça de 25 anos que precisa crescer, mas não quer. É pra tweens, teens e Young Adults, mas a Ceci amaaaaaa!

O livro aborda vários temas femininos como o cuidado com o corpo e as preocupações quando se é criança e como a gente muda (muitas vezes totalmente) quando crescemos.

Fala de sentimentos comuns a todas as gurias. A gente se sente bem e vê alguém na rua, que está deslumbrante, e já se sente uma porcaria. E ESTÁ ERRADO! Por que a moda e a mídia define padrões e a gente acaba seguindo-os mesmo sabendo que não devíamos. Mas a gente sente mesmo, é a vida!


E acho que a Ceci me vê nos quadrinhos, ela tem um pouco disso também. Temos dezenas de caderninhos mal começados. Vício de família.

Fala também de cólicas e menstruação. Coisas que um dia vão estar na vida da minha filha. É bom ela saber como se virar nas situações que podem, de verdade, acontecer com ela.

Cecília tem uma facilidade pra fazer amigos, mas eu NÃO consigo gravar o nome de todos. Sou bem assim.

Outro dia minha filha disse que adorava minhas amigas, elas não tinha vergonha de nada, pareciam crianças (por que a gente conta histórias, ri, faz palhaçadas). Então acredito muito nisso: Não me sinto tão adulta.

Geeente! Tão euuuuuu.

Adulta e mãe. Cansaço define. Esse é o primeiro livro da Sarah. O segundo já está saindo no USA, logo, logo vem pra cá.

Os textos são curtos e engraçados, as mães e os filhos vão se encontrar dentro deste livro. Eu acho uma leitura leve, e as crianças vão se preparando pras fases que ainda virão. Muitas delas, todas passamos com menor ou maior grau de dificuldade, ou de diversão, ou de vergonha!

 Até as amigas "adultas" amaram o livro! kkk Né, Sil (@casadeleitores).

Pra ver as tirinhas no Facebook: AQUI. E no IG, AQUI.

Comentários

  1. Eu estou doida para comprar esse livro por motivos de: me identifico completamente! Aos 30 não me sinto adulta de verdade hahaha

    ResponderExcluir
  2. Olha, nós estamos na casa dos quarenta e... e ainda não nos sentimos adultas de verdade! kkkk Não sei se vai chegar esse dia ainda! beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)

Veja também

Mostrar mais