Manchester à Beira-Mar {cinema, eu indico}

Semana passada fui na cabine do filme 

Manchester à Beira-mar.
Gostei muito. Me fez rir e me fez chorar.
E fugiu de todos os clichês de um drama, que eu achava que ia encontrar: Não tem lição de moral, ou mocinha (relacionamento amoroso) que vai salvar homem em crise, não tem atores com diálogos profundos, nem a choradeira exagerada (dramalhão) dos personagens que estão no meio de uma tragédia, nem o habitual "coitadinho de mim que sofro tanto, me ame".
Não vou dar spoiler, claro.
  O filme mostra um pedaço da vida de Lee Chandler (Casey Affleck), que é um faz tudo que cuida de 4 prédios em Boston, nos USA. Ao receber a notícia que seu irmão mais velho sofreu um ataque do coração, precisa voltar para cidade onde nasceu para cuidar do seu sobrinho adolescente. Ao voltar, ficamos sabendo da vida que levava antes de fugir para Boston. Descobrimos o passado trágico dele,  cuja vida foi arruinada por um único evento, a culpa o corroí por dentro, entre cenas engraçadas, diálogos realistas, muitos silêncios que nos causam até aflição e empatia. 
É um recorte da vida, sem frufrus, nem esperança que no final vai da certo.  
Um filme que já recebeu diversos prêmios.
Super recomendo. Para adultos, claro.

Dirigido e escrito por Kenneth Lonergan.
A diretora de fotografia é Jody Lee Lipes (cenas muito bonitas).
Companhia produtora: Pearl Street Films
Distribuição: Roadside Attractions, Amazon Studios e Sony Pictures.
Data de lançamento: 19 de janeiro de 2017 (2h 18min)

Fica a dica!

Comentários

Veja também

Mostrar mais