Voe, Mitzi, voe! Helga Bansch

   Conversando sobre criação de filhos com as amigas, e como, muitas vezes, prece que estamos remando contra a maré... Fiquei pensando... Sabemos que não existe receita certa, e só vamos ver o resultado aaaaaanos depois. Mesmo assim, muitas vezes me olham de um jeito estranho, pois não tenho TV em casa, não deixo as kids verem novelas (nem as infantis), não deixo elas ficarem na internet durante a semana, elas dormem cedo, não podem fazer tudo que querem... Pra falar a verdade recebem mais "NÃOs" que "SIMs". E isso parece muito radical e contra a cultura do filho-rei (que decide - a hora de - quase tudo em casa) que impera atualmente.

 VOE, MITZI, VOE! de Helga Bansch, da Brinque-Book.
Achei que este livro é bem apropriado. Tem spoiler! Uma vez um ganso selvagem veio voando do céu e pousou na fazendo onde Mitzi morava. 

 Ela ficou encantada que um ganso pudesse voar. Logo que o animal saiu voando, Mitzi resolveu que ia aprender a voar. Os outros gansos, em coro, ficavam zoando dela. Pois gansos domésticos não voam. A preocupação do bando era ficar beeeem gordinhos, para deixar a dona da fazenda feliz. Mizti, que pensava diferente, tentava e tentava voar. 

Caía, se machucava, mas continuava tentando. E os outros continuavam rindo dela e engordando. Um dia, para a surpresa de todos, Mizti conseguiu! 

Ela voou pra longe, deixando os outros gansos pasmos e cheios de inveja. 

As ilustrações são lindas e há sempre uma história paralela lá atrás, no fundo da página. Geralmente é  o fazendeiro fazendo alguma bobice! Hehehe.


A gente não precisa fazer o que todos estão fazendo, precisamos seguir nosso coração!
Um livro de incentivo... Para termos coragem de fazer o que achamos certo, independente da opinião alheia.  
Recomendo!
Boa leitura!

Comentários

Veja também

Mostrar mais