Miss Peregrine's Home For Peculiar Children


Eeeeeeh! Chegou na redação semana passada o box que comprei.
 Comprei em promoção na livraria Saraiva.
Não é a versão capa dura, mas é em inglês, pois um dos atendestes do @livrariasebinho (são super legais e antenados) me disse que a versão americana tem mais imagens que a traduzida para o Brasil (economia, sabe). Então comprei logo o box pra poder devorar tudo de uma vez. Veio com um postal assinado pelas crianças peculiares! 


Terminei o primeiro livro, em dois dias, ou melhor, duas madrugadas. O legal é que a edição é cheia de fotografias reais, e algumas poucas modificadas com Photoshop. 

São fotografias peculiares. E a gente se pergunta: o que levou o fotógrafo a tirar uma foto assim? E também já vi que o trailer do filme é diferente da história do livro. Falamos do filme AQUI.

A história é sobre um menino chamado Jacob, que tinha a vida maaaaais sem graça do mundo, pelo menos é o que ele achava. Ele trabalhava numa farmácia, que era da família da mãe dele e por mais que tentasse ser demitido, fazendo coisas estúpidas de propósito, ele continuava no cargo.

Ele tinha um avô que contava muitas histórias muito diferentes, de lugares e gente extraordinária. Na infância Jacob acreditava que tudo que o avô contava era verdade... Mas a medida que foi crescendo, começou a achar tudo um monte de contos de fada.

Certo dia seu avô que era obcecado por armas, ligou pra farmácia transtornado querendo saber se Jacob sabia onde estava a chave do armário de armas. Claro que ele disse que não sabia, achava que o avô estava começando a caducar, e ligou para o pai contando do avô. Como o pai dele estava ocupado, Jacob foi ver se o avô estava bem, e encontra-o na beira da morte. Ele fala umas frases desconexas para o neto e morre. Deixando o garoto atordoado.

Depois de semanas de isolamento e tratamento psiquiátrico o menino e o pai vão para ilha onde o avô permaneceu quando criança, pra ele tirar a limpo as histórias que o avô contava e ver que tudo não passava de uma interpretação e percepção infantil.

Porém, ao entrar na casa, que um dia foi o orfanato, ele descobre várias fotos semelhantes àquelas que o avô havia lhe mostrado... De repente uma menina com uma bola de fogo nas mãos aparece, mas sai correndo, e ele vai atrás dela... Aí, o grande mistério começa a ser revelado.


Adorei. Já comecei a ler o segundo volume! Logo post aqui também.

E AQUI o post sobre o filme!
Fica a dica!