Dicas para ententer crianças presas em casa

Colar de âmbar

Quando o baby Lucas ainda estava na barriga, entrei em vários grupos de maternidade ativa. Neles aprendi sobre criação com apego e tratamentos naturais para os desconfortos que bebês e crianças passam. Uma das coisas me mais me chamou a atenção foi o colar de âmbar. (Confesso que vê-lo ornamentando a filha da Gisele Bündchen aumentou a minha curiosidade).
E é âmbar mesmo, aquela resina que quando eu era criança ficava procurando na casca das árvores. A diferença é que esta foi produzida por pinheiros da região dos Bálticos há trinta milhões de anos, ou seja é um fóssil. Inclusive algumas das pedras encontradas contêm insetos preservados (muito Jurassic Park).

Mas como é que o âmbar funciona? Ele possui na composição ácido succínico (do pinheiro Pinus succinites) que é liberado em contato com o calor corporal ajudando a alcalinizar o sangue e reduzindo processos inflamatórios. 

Depois de muito pesquisar e ler depoimentos de mães entrou definitivamente para a lista de desejos. 
Lucas com quase cinco meses, logo os dentinhos e o desconforto vão aparecer, hora de procurar o colar. Pensei em comprar fora do país, mas vi que existem muitas falsificações, então voltei aos grupos de mães e seguindo as indicações delas cheguei na Lhitu Âmbar. Fui atendida com muito carinho pela Mara, que criou a loja depois de se encantar com o resultado do colar não só no seu bebê como nela mesma.
Recebi pelo correio, em poucos dias, o colar na cor Mel com certificado de procedência em embalagem para presente (ótima dica para o chá de fraldas).
O material é extremamente leve (um dos testes de autenticidade é colocá-lo em água salgada onde flutua). Tem som de vidro mas não é frio ao toque. Quando queimado exala um aroma que lembra o pinheiro (não vou fazer o teste, mas meu lado criança ficou com muita vontade).
Nos colares e pulseiras para bebês as contas são amarradas uma a uma para evitar acidentes. A medida precisa ficar entre 33 e 36 cm para não apertar, mas também não passar pela cabeça.
É ideal retirar para dormir e usar sob supervisão (bebês devem SEMPRE estar sob supervisão de um adulto). 
Há também colares e pulseiras para crianças maiores e adultos, mas isso eu conto em outro post.

Aqui o link para a loja virtual da Lithu Âmbar 
Matéria na Revista Crescer

Um comentário:

  1. Oi!!! Adorei a indicação, parabéns!! Entrei na loja virtual e queria saber se tu tens dicas que ajudem o que levar em conta para escolher oara o bebê , adorei todos, rsrsrs!!

    ResponderExcluir

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)