Alice and Phoebe in Wonderland

Sou apaixonada pela história de ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS escrita por Charles Lutwidge Dodgson, conhecido mundialmente pelo pseudônimo Lewis Caroll. O livro conta a história de uma menina chamada Alice que cai em uma toca de coelho e vai parar num lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas. Essa obra foi fundadora de um novo jeito de história, o surrealismo, e tem uma enorme importância literaria, sendo uma história aparentemente infantil, porém com uma mensagem subliminar que poucos conseguem compreender.Uma das interpretações diz que a história representa a adolescência, com uma entrada súbita e inesperada (a queda na toca do coelho, iniciando a aventura), além das diversas mudanças de tamanho e a confusão que isso causa em Alice, ao ponto de ela dizer que não sabe mais quem é após tantas transformações (o que se identifica com a psicologia adolescente). Quando eu tinha uns 9-10 anos passou um especial na TV e fiquei encantada e com muito medo da segunda parte (Alice através do Espelho)...E a história nunca mais me deixou! Tenho vários dvds, livros, versões em diversos idiomas, desta mesma história...É fascinante saber de um lugar mágico, onde vc não é vc e não tem lógica, ou lei...vc sempre (ou nunca) se encaixará na história! Estou louca pra ver a versão de Tim Burton, embora saiba q essa será mais "noir" e mais pra adultos q para crianças (mas os pais tb precisam se divertir! hehehe). Mas a versão q quero escrever aqui hj é a do filme PHOEBE IN WONDERLAND (2008, 96 minutos, diretor Daniel Barnz, da Silverwoods Films). É a história de uma menina q é diferente ela não se "encaixa" como as outras crianças nesta vida cheia de regras. Ela tem uma mãe q era escritora, mas agora dedica-se a cuidar das duas filhas. A irmã mais nova é super inteligente, e um pouco revoltada pq precebe q a irmã mais velha não é 'normal' e por isso a mãe dá mais atenção a outra filha. Tem um pai q é escritor e como precisa 'manter a família' é muito ausente na criação das filhas. E por fim tem a escola, onde a maioria não aceita quem não se ajusta. É muito bonito.Recomendo para pais e professores. Aqui esta o trailer:

Comentários