TRÊS CASAMENTOS

Hoje é o aniversário de 38 anos de casamento dos meus pais! MUITAS FELICIDADES, VELHINHOS!!! 

 E pra comemorar fomos ler histórias de casamentos:

 TRÊS CASAMENTOS - CLÁSSICOS JUVENIS. Coleção TRÊS POR TR3S da Atual Editora. ISBN: 9788535718799

O livro apresenta 2 clássicos adaptado por um escritor brasileiro atual e mais um texto inédito deste mesmo autor, com o mesmo tema das outras duas histórias. Nesta edição, onde o tema central é o CASAMENTO, temos os textos de 

GIL VICENTE: A Farsa de Inês Pereira. Conta história de uma Inês que não quer ser costureira, está cansada de ficar presa entre agulhas e linhas, não quer ter que fazer nenhum trabalho doméstico, mas a mãe não quer saber de moça folgada. Diz pra ela que com a fama que tem de preguiçosa não vai arrumar marido.  Surgem pretendentes, mas será que ela fará uma boa escolha?

MARTINS PENA: Quem Casa, Quer Casa. (Essa história eu já vivi! kkk) Conta as confusões que acontecem numa casa, quando os filhos se casam, mas não saem da casa dos pais! Muiiito divertida! Casal recém casado, mas sem dinheiro no bolso pra ter o próprio lar, como lidar com sogra, cunhados, marido, vizinhos? 

ALEXANDRE AZEVEDO: Até Que A Vida Nos Separe. 16 mini peças (esquetes) onde o autor apresenta passagens sobre vários momentos, situações inusitadas, conflitos e até separações que acontecem no dia a dia de um casamento. 

Os três textos são escritos como peças teatrais, apresentam o assunto com uma visão humorística, bagunçada e irônica. Tem sogra, briga de casal, palpiteiras, mandonas, choronas, noivos , vagabundos, maridos e ex-maridos, esposas, ex-esposas... tudo pra fazer o leitor rir e se divertir muito.

 Cecília me pediu pra fazer alguma coisa romântica de casamento, se tivesse beijo melhor!kkk
Então fomos fazer a parte da festa de casamento que ela mais adora: o beijo do aceito!
 Pegar um prendedor e desmontá-lo. Em seguida reunir os seguintes materiais:
1 guardanapo de papel, tesoura, cola (bastão melhor que faz menos meleca), canetinhas permanentes preta, vermelha, marrom (se tiver 2 tons melhor) e tinta acrílica branca.

Medir os prendedores e pegar o maior (sempre tem). E fazer o desenho como na imagem: pintar quase toda parte de baixo de preto, com a canetinha permanente preta (paletó e calça), um pedaço da parte de cima de marrom (que será o cabelo) e um semicírculo de cada lado (serão os olhos fechados). Na parte que estreita desenhar uma linha (que será a gravata borboleta). Pintar o intervalo da gravata e paletó de tinta branca. Deixe secar.

Pegar o outro prendedor e pintá-lo quase todo de branco (onde é preto no outro. Será o vestido da noiva), na parte de trás, em cima e nos lados pintar de marrom claro (cabelos), fazer uma boca com a canetinha permanente vermelha, e um semicírculo com tracinhos de cada lado (serão os olhos fechados com cílios), e um outro semicírculo marrom claro em cima do primeiro (sobrancelhas). Deixar secar. Se não usar permanente, a tinta fica saindo nas mãos e manchando as outras partes brancas.
Depois, abrir uma vez e cortar o guardanapo como na figura. Passar cola na parte de trás da mulher e ajeitar o guardanapo, se precisar passar cola também dos lado para prender melhor o vestido. Juntar os dois prendedores (colocar o ferrinho na mulher e passar o homem por último, para não estragar o vestido). :)

Agora é só brincar! Vovô e vovó no casamento!

MUITAS FELICIDADES, MÃE, PAI E RUMO AOS 40, PORQUE NÓS QUEREMOS FESTA!

Comentários

  1. Que maravilha !! Parabéns !!! Este ano faremos 32 anos de casados, e parece que foi ontem...o tempo passa muito, mas muito rápido !!! Adorei o casalzinho se beijando , lindinho !!! Bjs carinhosos, Betty Mello

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pros seus pais, Gi! Que alegria, que eles vivam juntos por muitos e muitos anos! Muitas bençãos! E ameeei os noivinhos no prendedor, ficou demais!!! beijo queridos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)

Veja também

Mostrar mais