Do meu jeito!

Dia 24 de agosto é dia do artista \o/ e meu aniver tb! 

Então, resolvi compartilha esse texto que fiz pro MINHA MÃE QUE DISSE, aqui, para que a gente não mate o artista que vive em cada criança! :)

Tenho visto cada vez mais blog, onde as mães, pais e professores, ao invés de deixarem as crianças fazerem seus próprios desenhos e brinquedos, fazem pela criança e ela brinca com mais um produto pronto (como os brinquedos comprados que também já chegam prontos). E fico bem triste, pela criança.

Óbvio que o resultado é esteticamente lindo e limpo. Mas o que a criança ganhou com isso?

Eu sou formada em Artes Plástica, com ênfase em Pintura. Pedi reingresso fiz quase todas as cadeiras para lecionar Educação Artística, só não me formei porque meu marido foi transferido de cidade e como estava grávida não podia viajar em função de muito enjôo.

Mas uma das coisas que mais frisam durante a faculdade é NUNCA SE FAZ OU DESENHA PELA CRIANÇA! Não importa se ela diz que não sabe. Toda criança sabe fazer do seu jeito. Não importa se ela tem 1, 2 ou 8 anos ... toda criança sabe desenhar do seu jeito e é sempre lindo!

Lembro de ter visto uma entrevista com o inventor/desenhista do Papa Léguas, Chuck Jones, da Warner Bros., onde ele falava que devia o sucesso dos desenhos que fazia a mãe dele: além dela dar centenas de bloquinhos para ele desenhar, desde muito pequeno, ela jamais falou para ele que um desenho estava errado ou feio.  Isso me marcou profundamente.

Pense num gato.

Aposto que o gato que você pensou é muiiito diferente do gato que surgiu na minha mente. Mas não quer dizer que o seu gato é o certo e o meu está errado. É só diferente. No campo da arte também é assim. Não existe errado, nem certo, só diferentes jeitos de interpretar um mesmo objeto.

Quando meus alunos diziam que não sabiam fazer, um gato, por exemplo, eu começava a perguntar: - Como é um gato? Tem cabeça? Então faz uma cabeça. Tem orelhas, como são? E o que mais tem? E assim por diante, no final a criança me mostrava um gato lindo no papel.

E nunca se deve chegar para uma criança e dizer diretamente que está errado o desenho dela.

Tinha um aluno que sempre que desenhava pessoas, fazia uma das mãos sair do pescoço. E como fazer para corrigir? Ele precisa entender sozinho. Então eu ia para a frente da sala de aula e dizia para meus alunos congelarem, pararem com tudo que agora ia ter uma prova oral surpresa. E então perguntava: - O que é isso? (apontando para a minha cabeça) E todos respondiam CABEÇA. E eu continuava: - E isso? Que fica no meio disso?(apontando para o nariz e depois os olhos) Assim a turma começava arrumar os desenhos: os que tinham esquecido de colocar as sobrancelhas, colocavam; os que não tinham colocado orelhas, colocavam... E ia descendo até chegar no pescoço: - E isso aqui, que fica meio embaixo e do lado do pescoço? As crianças respondiam OMBROS, e eu daí perguntava, mas o que sai dos ombros? E assim todos começavam a pensar mais antes de desenhar.

Falar direto é agressivo, ela se sente burra e desmotivada... Mas quando ela se dá conta que fez um ‘errado’ e corrige-se, ela estará crescendo e percebendo o mundo de outra maneira.

Aqui no meu blog, minhas crianças fazem quase (quase porque a parte da cola-quente e estilete eu que faço ainda) tudo sozinhas porque o mais importante é o processo, e tudo é bagunçado, manchado e imperfeito. É o quanto de criatividade, empenho, esforço que elas colocaram no que estão fazendo, não a parte estética e nem se está perfeito e limpinho que valorizo.

Se você faz tudo para o seu filho, ele vai aprender:

1. Que ele não é capaz;
2. Que ele não sabe fazer direito;
3. Que ele deve esperar e receber as coisas prontas;
4. Que os outros fazem melhor do que ele;
5. Que só os adultos que sabem fazer e estão certos;
6. É importante que tudo seja bonito, ou seja, que beleza é fundamental;
7. Ele não terá o fascínio do descobrimento no manuseio dos materiais artísticos.

Se o seu filho faz sozinho, ele aprenderá que:

1. O importante é fazer o melhor que você puder;
2. Que é prazeroso investigar e descobrir novas maneiras de fazer coisas;
3. Fazer e errar faz parte da vida;
4. Que mancha não é sujeira, mancha é sinal de que houve ação artística;
5.O processo de fazer é tão ou muito mais divertido que a coisa pronta;
6. Que nem sempre as coisas saem do jeito que a gente planejou;
7. Que a frustração faz parte do processo e é preciso recomeçar e superá-la;
8.  Prática faz a perfeição, mas que ninguém é perfeito;
9.  Ninguém sabe tudo, e o legal é tentar descobrir tudo;
10. Que o seu jeito é lindo e único!
O processo de fazer uma pintura, uma escultura de sucata ou um desenho permite que a criança descubra um mundo infinito de possibilidades inesperadas e sensoriais.



 Não tirem esse prazer delas! Deixem as crianças fazerem do seu jeito. Não importa se pintam o céu de vermelho ou azul, se a árvore tem copa rosa e troco amarelo, se o quadrado é meio redondo, se a letra está invertida, o mundo naquele instante de arte é mágico e infinito.
 Ela vai ter o resto da vida adulta para fazer as coisas do jeito que os outros querem, deixem as crianças serem elas mesmas, pelo menos na infância!!!

Comentários

  1. OI!!!
    FELIZ ANIVERSÁRIO E PARABÉNS PELO SEU DIA!
    CONHECI SEU BLOG A POUCO TEMPO E ESTOU ADMIRADA COM SUA CRIATIVIDADE E PRINCIPALMENTE SENSIBILIDADE. VC É D+ !!! HOJE QUANDO ACORDEI FIQUEI CONVERSANDO COM MEU MARIDO JUSTAMENTE O ASSUNTO DO SEU POST, MUUUITO LEGAL!!!
    SOU PROFESSORA E ESTOU APRENDENDO MUITO AQUI, OBRIGADA!
    MUITAS FELICIDADES PRA VC E SUA FAMÍLIA LINDA!
    BEIJINHOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA! \O/
      Muito obrigada pelo carinho!

      Qualquer coisa é só gritar!

      Bjos, Gisele e kids

      Excluir
  2. Acho que o jeito que eles desenham incrível!

    Queria que o Linus curtisse desenhar mais... mas ele não gosta, sempre que tentamos ele fica mandando a gente desenhar, chora se a gente tenta fazer ele desenhar, no fim das contas, desenhar é uma atividade rara aqui em casa...

    Ele prefere brinquedos de montar... coisas mais lógicas...

    Engraçado ver isso, contando que tanto eu quanto o pai somos formados em artes visuais rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ver o Linus prefere outra forma de expressão. A minha pequena ama recorte e colagem, já não curte tanto desenho. O maior adora desenho, mas não é muito de colorir. Vai tentando diferentes formas, logo, logo ele se acha! Quem sabe ele não é um grande escultor?!! Bora brincar e descobrir!
      Bjos, Gisele e kids

      Excluir
  3. Acheiiii incrivel a ideia do quadro.
    Levei me filho na exposição de 70 anos do Juarez Machado. Ele achou muito legal e mostrava o que ele achava interessante nas obras.

    Meu filho tem essa mania de dizer que não sabe desenhar as coisas e pede para gente desenhar. PErcebi que quando eu desenhava um carro certinho e padronizado, mantive ele preso ao padrão. Certo dia, resolvi inventar um carro bola, triângulo e fora dos padrão convencional. PRonto, ele aprendeu a desenhar carros.
    Na verdade, acredito que ele sabia. Mas de certo não queria "errar".

    Gostei muito da ideia da tela... e vou querer aplicar aqui em casa!

    Obrigada!!!

    Continue compartilhando essas coisas... nossa... você me inspira e muito!

    Beijos
    Karin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karin! Tenho certeza que seu filho fará uma tela liiinda! Quando as crianças eram pequenas dei pra elas um conjunto de livros com as obras de Picasso e daí ela viam que uma mesma pessoa podia fazer de mil jeitos diferente sem problemas.. daí piraram de vez com a cor e forma!
      Obrigada pelo carinho!
      Bjos, Gisele e kids

      Excluir
  4. Parabéns!!! Muitas felicidades pra vc!
    E... vc faz aniversário e nós ganhamos o presente em forma desse texto lindo! Olha... eu tive sorte de aprender isso com meu professor de desenho, na faculdade, na época q Sofia estava começando nas tarefas artísticas. Ela ainda é MUITO insegura, mas eu não podo nada! Qndo ela pergunta "mãe, posso colorir a árvore de azul?" Eu só respondo "a árvore é sua, filha. Ela é da cor q vc quiser!"
    Enfim... Eu faço o possível! E qndo ela tá insegura, dizendo q não sabe fazer algum desenho, eu falo pra ela tentar, q só fazendo é q vai aprender. E qndo termina, sempre elogio! Qndo ela vê q tem algo muito errado, eu explico o motivo (outro dia ela copiou o desenho de uma menina de lado, mas criou o cabelo, e aí a cabeça ficou extremamente achatada... rs Expliquei e ela corrigiu)
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Telma!

      É isso aí! Basta incentivar e estimular bastante que eles pegam o jeito rapidinho!!!
      Bjão, Gi e kids

      Excluir
  5. Já tinha lido esse lá no outro site, muito bom :)

    ResponderExcluir
  6. Gi, o primeiro "tema da casa" do meu pequeno, antes do 4 anos, era pesquisar o habitat de um animal escolhido por ele e levar um trabalho livre que fizesse alusão a isso, de forma livre (pintura, colagem, desenho etc.). Pesquisei com ele em enciclopédias (sim, sou das antigas!) e na Internet, lendo e mostrando a ele as imagens. Depois, a partir daquele livro "O que é que tem no meu cabelo?" (ganhamos num sorteio deste blog quando ele tinha 2 meses, lembra???), recortei com ele um "buraco" redondo numa folha branca, para encaixe no rosto, e deixei que ele pintasse a juba do leão na volta, do jeito que ele quisesse (usou giz de cera e lápis de cor). No dia seguinte, presenciei vários pais chegando ao colégio carregando MAQUETES (lembra: crianças de 3 anos!)! reproduzindo os habitats dos animais... Foi de doer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Xi! Claro que lembro que ele foi grande ganhador do primeiro sorteio do blog! Eu amoooo enciclopédias! Aqui em casa vamos primeiro pesquisar nelas e só depois na internet. Esse problema dos pais fazendo trabalho pros filhos ainda acontece nas turmas do Cássio e Cecília. É mais fácil fazer do que ensinar a pesquisar, mais fácil imprimir direto da internet, do que ler (junto) e pedir pra criança escrever, nas palavras dela, o que entendeu. Mas cada um sabe o que é melhor pro seu filho! Eu amooooo desenho de criança, aquele todo torto, rabiscado acho liiindo, lindo!

      Bjão pra vcs! Gi e kids

      Excluir
  7. Teu relato é bonito e tocante... obrigada!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi. Bom te ver por aqui! Responderemos o mais breve possível. :)

Veja também

Mostrar mais