Dicas para ententer crianças presas em casa
O ano passado encerramos o ano com a postagem do livro COISA BOA, aqui. Fizemos uma jarra para depositarmos todas as coisas boa que iam acontecendo ao longo do ano. Essa manhã abrimos e ficamos relembrando das COISAS BOAS que aconteceram e como ficamos agradecidos por tudo... Afinal, muitas das coisas não poderiam ter acontecido sem a presença dos amigos, parentes, escritores e ilustradores, parceiros e, de você, leitor do blog!
Na contra capa do livro diz: 
 Por isso, esse ano, resolvemos encerrar as atividades com esse livro:
OBRIGADA A TODOS! de Isabel Minhós Martins e Bernardo Carvalho. Editora Peirópolis.
OBRIGADA A TODOS mostra um guri que se dá conta de como ele aprende com todo mundo e é muito grato por isso. 
Aprende a ouvir com a vizinha, a ficar em silêncio com o gato, a ter paciência com o pai, a seguir regras e também a perder com o tio Rodrigo (nome do meu irmão e tio das kids!). 
Cada pessoa na vida dele é responsável, de alguma forma, pela sua formação, e ele é muito grato a todos.
Livro com ilustrações lindas e coloridas e texto com frases curtas, mas significativas, que nos fizeram repensar o ano, enumerar o que nos demos conta que aprendemos e agradecer muito por estar vivos com saúde e disposição para aprender sempre.

Nossa dica é sentar em família, ou com toda turma em sala de aula, ou com a turma de amigos, ler o livro e ver se aprendemos o que o guri aprendeu, da mesma forma? De uma forma de diferente? Com quem? O que mais aprendemos sem querer com os outros? Será que aceitamos o que o outro tem para nos oferecer de bom coração? Quantas vezes não somos rudes com os nossos pais, pois achamos que já sabemos o que eles têm para nos dizer? Quantas vezes não achamos chato o que a professora, ou uma tia, ou uma vó tem pra nos ensinar e fugimos (mesmo que mentalmente) dali? 
Que tal fazer desse ano novo, 2016, um ano de mais aprendizagem? Deixar o coração aberto, os ouvido abertos e absorver mais o que a vida tem pra te oferecer? Ser mais receptivo, mais paciente, mais disposto a aprender com os outros e...  Agradecer mais, todos os dias, poder estar vivo e receber todo esse carinho que tanta gente tem pra nos oferecer.
Boas festa! E que esse ano termine bem e que 2016 seja um ano cheio de bênçãos pra todos! Muito obrigada por estar conosco até aqui.
#gratidão


#release NETFLIX:
À meia-noite ou não, este ano você vai poder comemorar a virada em família e ainda ter tempo para festejar com os adultos, graças aos especiais de contagem regressiva da Netflix criados para crianças de todas as idades. As crianças poderão comemorar o Ano-Novo com seu personagem favorito quantas vezes quiserem com as contagens regressivas especiais estreladas por Oona e Baba de Puffin Rock, os Ursinhos Carinhosos & Seus Primos, Inspetor Bugiganga e Rei Julien, as meninas do Project MC2, e todos seus amigos das animações DreamWorks, incluindo King Julien e Sr. Peabody e Sherman.
De acordo com uma recente pesquisa da Netflix, mais da metade dos pais no mundo todo (60%) adoraria poder celebrar mais cedo com os filhos na noite do dia 31 de dezembro. Com seis especiais de contagem regressiva disponíveis a partir de hoje, a meia-noite pode chegar às 20h, 21h ou 22 horas!
Os pais decidem a hora de dizer boa noite às crianças, e elas decidem com qual personagem querem comemorar a virada.

    Onna e Baba, de Puffin Rock, relembram as aventuras do ano que passou e comemoram o Ano-Novo com fogos de artifício criados pela natureza: a aurora boreal.
    Os Ursinhos Carinhosos & Seus Primos se preparam para uma virada com abraços bem apertados.
    O Inspetor Bugiganga evita que um agente da M.A.D. estrague o Ano-Novo e comemora a virada com um incrível espetáculo de fogos de artifício.
    Rei Julien faz jus à sua reputação de baladeiro e comemora a virada dançando ao embalo de uma contagem regressiva de três minutos de duração!
    Sr. Peabody e Sherman se aventuram pelo mundo para reunir seus convidados favoritos em uma festa de Ano Novo, estrelando Soluço e Banguela, o Gato de Botas, os Croods e todo o time da Dinotrux.
    As estrelas de Project MC2 - McKeyla, Adrienne, Bryden e Camryn - recebem sua missão mais importante até hoje: produzir uma festa!
Não importa onde você esteja, você vai poder começar a sua festa a qualquer momento e em qualquer lugar acessando a Contagem Regressiva para o Ano-Novo da Netflix.
O trailer para a Contagem Regressiva pode ser encontrado neste link www.youtube.com/watch?v=o4BMwrw-gQA&feature=youtu.be
Opa! Chegou a minha vez!

Na verdade não consigo dizer qual o MELHOR, então vou colocando na ordem que fui achando-os na minha biblioteca. Todos são ótimos e amei lê-los, alguns mais de uma vez, inclusive!

HUGO, A MÁQUINA DE ABRAÇAR! de Scott Campbell, recebemos da editora Salamandra. Eu já esperava esse livro há um tempão, desde que vi no IG do autor/ilustrador.
 Preciso dizer que esse é o livro mais FOFOOOOOO do ano. Assim que terminei de ler o livro o abracei instintivamente. Quando a Ceci chegou em casa, lemos o livro juntas e nos abraçamos muito. É um livro repleto de afeto. Tod mundo que lê sente a necessidade de abraçar depois!
Sinopse:
Hugo se apresenta como uma máquina de abraçar e, ao longo do livro, vai mostrando os efeitos que abraçar tem nas pessoas: Na mãe, pai, irmã mais velha, vizinho, carteiro, animais, etc.
 Livro para se ter nas escola e bibliotecas de casa. Num mundo cheio de violência gratuita, esse é um livro necessário!

APOLINÁRIO - O HOMEM-DICIONÁRIO de Fábio Yabu e ilustrações de Daniel Bueno. Editora: Panda Books.
Dica da minha querida amiga Kênia, do blog Virapáginas e está no TOP 10 dela também, AQUI.

Toda vez que leio, me emociono.

Uma grata surpresa, não esperava o final e amei!
Sinopse da contracapa:
Apolinário é um senhor de respeito 
Cujo pretérito tem algo imperfeito 
Em busca de seu verdadeiro “eu” 
Encontrará a palavra que nunca aprendeu
Todos têm uma palavra perdida 
Algo faltando no seu livro da vida 
Seu coração ficará mais sereno 
Com o livro de Fábio Yabu & Daniel Bueno 
Sinopse:
Era uma vez um homem que leu e conhecia todas as palavras, menos uma, que estava manchada no seu dicionário, mas ele achava que não precisava dela, já que sabia de cor todas as outras. Só que um belo dia ele conheceu uma moça que falava diferente
 (Você já reparou como o Brasil é imenso e como as pessoas, embora falem o português, muitas vezes não se entendem, se são de regiões diferentes?) , muito diferente dele e isso intrigou o Seu Apolinário. 
Uma história curtinha, rimada, delícia de ler para e com as crianças. Todos nós temos algo pra aprender e ensinar... as lições mais importantes da vida, podem estar bem de baixo dos nosso nariz... mas precisamos estar abertos para recebê-las.

UM BEBÊ VEM AÍ de John Burningham e Helen Oxenbury. Editora: Terra e Paz.
Esse ano me emocionei com a chegada do Lucas, minha amiga Cathe (que escreve comigo aqui no blog) e mãe de 3 homens (2 já adultos e um adolescente) teve mais um filho... Nossa chorei e fiquei suuuper feliz com a novidade, praticamente não a vi grávida (só um dia, barriga pequena ainda). E nem conheço pessoalmente o baixinho ainda! Só através de fotos e vídeos e mesmo assim o amo muito.
Sinopse:
Um Bebê Vem Aí conta a história de uma mãe falando para seu filho mais velho que num novo bebê está pra chegar, mas o guri fica dando desculpas pro bebê não precisar chegar... 
mas quando de fato ele chega, o irmão já está pronto para amá-lo! Tão lindo.
E depois que o Lucas nasceu, nasceu também o Iago, da Luana, que colabora com textos aqui pro blog e minha cunhada está grávida, a Martina pode nascer a qualquer momento, serei a dinda e já me designaram pra montar a biblioteca da dela (que já tem uns 25 livros: de pano, banho e literatura mesmo)! 
Muito emocionante tudo isso! Esse livro tem muito a ver com esse momento!

Quando vi esse livro me apaixonei imediatamente e a Distribuidora Casa de Livros nos mandou de presente!
O MELHOR LIVRO DO MUNDO de Rilla Alexander.
Já falei dele AQUI.

ÔNIBUS de Marianne Dubuc, Jujuba editora.
Já falamos dele AQUI
MALALA - A MENINA QUE QUERIA IR PARA A ESCOLA de Adriana Carranca e ilustrações de Bruna Assis Brasil. Editora: Companhia das Letrinhas.
Já falamos dele AQUI.

CECI TEM PIPI? de Thierry Lenain e ilustrações de Delphine Durand. Companhia das Letrinhas.

Max sempre viu o mundo de duas maneiras: Os com pipi (mais fortes, mais espertos) e os SEM pipi (fraquinhas, cheias de frufru e delicadas). Isso até a Ceci chegar na turma dele. Ceci não faz desenhos com florzinhas, não tem roupas cor de rosa, gosta de jogar bola e sobe em árvore (bem melhor que o Max). Será que a Ceci tem um pipi? Max parte para descobrir o segredo de Ceci. 
Adorei a conclusão. Muito divertido!

TODO MUNDO BOCEJA de Anita Bijsterbosch. Editora: Brinque-Book.
Já falamos dele AQUI.

OLHE, POR FAVOR, NÃO VIU UMA LUZINHA PISCANDO?
CORRA, COELHINHO, CORRA! de Bernardo Carvalho. Editora: Tordesilhinhas.
Um livro com duas histórias que se cruzam. De um lado, o vaga-lume procura uma luzinha piscante,
do outro lado, um coelho foge de um cachorro! Um livro imagem muiito legal! Lido tanto, da direita para a esquerda, quanto da esquerda para a direita. Descubra muitas outras histórias no meio dessas duas. Adoramos!
A REVOLTA DOS GIZES DE CERA de Oliver Jeffers. Editora: Salamandra.
Já falamos dele AQUI.

Bônus:
BAMBI de Felix Salten e ilustrações de Niro Cais. Editora: Cosac Naify.
Bambi foi o primeiro filme que vi no cinema quando era bem pequena. Lembro da cena do fogo na floresta como se fosse hoje. Redescobri o Bambi com esse livro lindo. Começando pela capa que nos remete aos livros infantis de muito antigamente. E não há como separar a imagem do Bambi, da imagem que a Disney fez dele. O artista plástico Niro Cais, brinca com essa referência o tempo todo nas ilustrações.

Sinopse: 
Publicado originalmente em 1923.  O livro nos apresenta Bambi, o cervo que pouco a pouco vai desvendando os mistérios da floresta e, na batalha pela sobrevivência, entende que o homem, a quem chama apenas de Ele, é o seu principal inimigo. Escrito sob a ótica dos animais, o livro tem como marca registrada os profundos diálogos entre os moradores da floresta, nos quais cabem assuntos dos mais variados, além de questionamentos acerca da vida.Uma parábola atemporal sobre a vida e a morte que finalmente poderá ser redescoberta pelo leitor brasileiro. 
Não tem como não se emocionar ao ler e relembrar da história. Fiquei o tempo todo com o coração na mão pensando: "Quando é que a mãe vai morrer? Agora? Agora? Agora?" 
Não li ainda para as crianças. Chorei em algumas partes. Vou esperar a Ceci ficar um pouco maior pra ler junto com ela. Recomendo. Um clássico.

MORA PEGOU CATAPORA de Alexandre Azevedo e ilustrações de Bruna Assis Brasil. Editora Roda & Cia Editora.
Já falamos dele AQUI.
BETINA QUERO-QUERO de Andréia Vieira, editora DCL.
Já falamos dele AQUI.


Bônus do bônus pode?


A BELA BORBOLETA de Ziraldo e Zélio. Editora: Melhoramentos. 
Esse livro é um tesouro. Esses dias, a Sil (@casadeleitores) e eu estávamos falando de livros da nossa infância. E ela me falou do primeiro livro que leu, que não foi um livro indicado (e obrigado) pela escola a ler foi a Bela Borboleta. Eu falei que não conhecia. E sabe o que ela fez? Meu deu o exemplar dela, com o nome dela, escrito com a letra infantil. "O" exemplar original.Fiquei emocionada e sem ação! Isso é um tesouro! Bah! Nem soube o que dizer! Tenho um tesouro em casa!
De repente o Gato de Botas entra preocupado e gritando na história! Chama todo mundo: Bela Adormecida, Príncipe Encantado, Peter Pan, o coelho da Alice... Convoca todo mundo por que tem uma borboleta presa dentro do livro! E a Borboleta é linda. Ela merece ficar solta, lá vai todo mundo com ferramentas pra tirar a bela borboleta de dentro do livro. Será que vão conseguir?
Muito fofo.
E agora está pra sempre no meu coração.

 WHEN DAD SHOWED ME THE UNIVERSE de Ulf Stark e ilustrações de Eva Eriksson. Editora: Gecko Press.

Foi um outro presente que ganhamos esse ano, da Zoe do PLAYING BY THE BOOK. Vi o review dela e me apaixonei. No final do ano ela ofereceu um exemplar pra nós! Veio com um cartão lindo também. Claro que mandamos dois livros de ilustradores e escritores brasileiros pra ela. Livros imagens.
A história é contada em primeira pessoa - uma criança reconta toda uma experiência , e as ilustrações enfatizam a visão da criança. 
O pai decide que Ulf  já é grande o suficiente e quer lhe mostrar algo muito especial : o universo . Para uma coisa tão importante, eles precisam estar preparados, então, se agasalham bem, levam algumas provisões e saem para a noite fria. É uma longa caminhada, e o pai e o menino vão observando o que se passa pela caminho. 
Como mãe e pai, vocês já não ficaram tão emocionados (infantis até, bobos) quando viram algo que pra vocês é tão importante (na infância ou juventude) e vocês, meio que solenemente (como algo importante/sagrado/experiência transformadora), quiseram passaram/mostrar/ fazer os filhos sentirem o mesmo que vocês? Não sei se me fiz entender. Mas nem sempre o resultado é o esperado. Às vezes os filhos nem dão bola, ou fazem até pouco caso, nos deixando frustrados. Pois é isso que acontece com esse pai. Toda vez que ele vai mostrar algo importante, o filho está vendo/pensando/imaginando outra coisa.
No fim eles aprendem que, por vezes, a viagem é mais importante que o destino, e às vezes as maiores lições acontecem quando você menos espera. É um livro muito inteligente, comovente e engraçado sobre o amor materno/paterno.
Adoramos! 

Espero que tenham gostado. Não consegui escolher SÓ 10! Como sempre a lista de TOP 10 vai aumentando... daqui a pouco é top 100! :)
As ferias chegaram e com ela a liberdade! E com a liberdade... OS MACHUCADOS!
Então, com tanto filho e filha de amiga, levando ponto, contundindo mão, quebrando perna, ficando gripado... Eis minha seleção de livros para essas ocasiões:

Pegou ALERGIA, CATAPORA, DOR DE GARGANTA, NARIZ ENTUPIDO, OUVIDO INFLAMADO, DOR DE BARRIGA, DOR DE DENTE, CONJUNTIVITE:
 MORA PEGOU CATAPORA de Alexandre Azevedo e ilustrações Bruna Assis Brasil. Editora Roda & Cia.
Depois de dias de chuva Mora sai em busca dos amigos, mas cada um está com uma doença diferente. Texto divertido e com rimas.

Se você tem: ALERGIA, ASMA, BRONQUITE, CATAPORA, CAXUMBA, DOR DE CABEÇA, DOR DE GARGANTA, FRIEIRA, GALO, RESFRIADO, SARAMPO, TOSSE, COMICHAO, VERME, LOMBRIGA:
NÃO EXISTE DOR GOSTOSA de Ricardo Azevedo e ilustrações de Mariana Massarani. Editora: Companhia das Letrinhas.
O autor discursa e faz adivinhas com essas doenças que deixam as crianças (e adultos) de baixo astral. A Biografia do autor no livro é muito legal. Já falei dele AQUI.

Se teve que levar PONTOS:

A CICATRIZ de Ilan Brenman e ilustrações de Ionitz. Esse livro comprei pra Cecília nas férias de 2010, quando ela bateu o queixo, levou 2 pontos e ficou com uma cicatriz.
 Nesse livro a menina cai no chão, bate o queixo e precisa ir pro hospital levar uns pontinhos. E por onde passa as pessoas falam que também têm cicatrizes e cada uma delas, conta sua história pra menina. Ela fica sabendo que cicatrizes fazem parte da vida. E que cada uma é uma história.

Se ficou com uma BOLHA NO PÉ:
 A BOLHA DE RAQUEL PIMENTEL de Amy MacDonald. Editora: Brinque-book.
Raquel Pimentel achou uma bolha no dedo mindinho do pé. Era uma bolinha bem pequenininha que ela mostrou pra mamãe. 
E todos vieram em socorro - desde seus familiares até o bombeiro e o carteiro, o fazendeiro, o padre e o rabino. E sugeriram chá e limonada, gelo e salsão, oração e operação,
 mas nada adiantou.
Bem dramático ao estilo da criança de 2, 3 anos. Muito divertido!

Se você se BATE, CAI, TROPEÇA, levou um CHOQUE, PRENDEU a mão ou CHUTOU a porta:

DESASTRELIQUES de Tatiana Belinky e ilustrações de Liliane Romanelli.Editora: José Olympio.

 Sinopse:
Esse garotinho não é fácil! Parece que tem um bicho-carpinteiro no corpo. Não pára quieto um só instante, tudo o que vai fazer dá errado. É desastrado e derruba o que aparecer pela frente. Mas o que ele quer mesmo é brincar e se divertir, sem perceber que precisa prestar mais atenção nos objetos à sua volta.

Precisou ficar INTERNADO NO HOSPITAL:
NO HOSPITAL DO DOUTOR DÓI-DÓI de Caroline Jayne Church e ilustrações de Oyster Books Ltda. Editora: Impala.
Cada livrinho é um personagem numa cama. Tem dor de dente, dor de ouvido, machucado no rabo, espetar a pata num espinho e engolir um objeto.
O Dr. ajuda os diversos animais. Livros cartonados, ilustrações fofas, texto bem simples.
E

LIVRO DOS SEGUNDOS SOCORROS dos Doutores da Alegria. Panda Books.
Os “Doutores da Alegria” é um grupo de atores profissionais pioneiros em levar alegria para crianças internadas em hospitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte. Um pouquinho dessa alegria está nas 40 páginas de “O Livro dos Segundos Socorros”, que ganha nova roupagem nessa nova edição. A obra possui jogos, brincadeiras e dicas para as crianças entenderem o que são as doenças e como ter uma vida saudável.
“A primeira lição que a garotada nos ensina é que não se deve perder aquilo que está bom e saudável em nós: a capacidade de se divertir”, explica Wellington Nogueira, diretor executivo dos Doutores da Alegria.
O livro tem texto final do jornalista e escritor Marcelo Duarte (O Guia dos Curiosos) e do próprio Wellington. As ilustrações são do artista plástico Orlando Pedroso.

Repleto de ilustrações, desenhos coloridos e personagens cativantes, a publicação oferece, entre outros atrativos:
- Espaços para as crianças escreverem e destacarem bilhetes carinhosos e engraçados para a equipe médica, pais e amigos;
- Brincadeira de corte e recorte "Vista seu Médico" - com o desenho de um médico e uma médica e várias peças de roupas "clownescas" para vesti-los;
- Quadro ilustrado com Hospital de Heróis, como o Tocha Humana (que chegou ao pronto-socorro ardendo em febre) e Branca de Neve (que teve uma crise de anemia) e veio acompanhada de Atchim (que andava muito resfriado);
- Calendário de Enfermérides, com o Dia da Língua (hoje todo mundo mostra a sua para todo mundo), Dia da Piada Infame, Dia Mundial da Abobrinha, Dia do Biscoito;
- Exame Médico com testes de múltipla escolha:
"O que é um médico de plantão":
a) um médico que cura samambaias
b) um médico que atende palmeiras
c) médico que sobe em coqueiros;

- Um Pequeno Dicionário de Segundos Socorros, como por exemplo: Compressa - Médico que passa rapidinho no quarto / Cesariana - Casal formado por César e Ana etc.

MACHUCOU, mas só precisou de um Band-Aid:
AI, MACHUQUEI de Thiago Lopes. Editora Brinque-book.
O livro é cartonado e várias imagens de criança brincando que de repente, sem querer,
 se machucam e os leitores colocam o band-aid (que vem no livro preso numa fita) no ferimento. Para criança pequenas. Elas adoram esse livro.

Precisa ir AO MÉDICO:
ERAM CINCO de Ernst Jandl e ilustrado por Norman Junge. Editora Cosac Naify.
O livro é minimalista e indicado para pequenos leitores que têm medo de médico. Propõe a dedução como forma de aprendizado. Quando uma porta de uma sala se abre, sai um dos cinco personagens iniciais, e assim por diante, até restar apenas o boneco Pinóquio de nariz quebrado. A repetição ajuda a prever o que acontecerá nas páginas seguintes. Mas a maior surpresa é descobrir que não há mistério em ir ao médico. Uma forma divertida e educativa de acabar com medos. Mas o que será que existe atrás daquela porta que faz as pessoas entrarem preocupadas e saírem sorridentes? Eram cinco na fila de espera, cada qual com a sua mazela. E atrás daquela porta, uma luz.

E


A JORNADA DO PEQUENO SENHOR TARTARUGA de Inge Bergh, Inge Misschaert e ilustrações de Kristina Ruell. Editora Pulo do Gato.

O pequeno Yomi adoece gravemente e precisa ser examinado por um médico do hospital da cidade distante. Com o filho nos braços, a mãe de Yomi inicia a longa viagem: a pé, de burrico, de caminhonete, de carro. O trajeto parece não ter fim. Para distrair e encorajar o filho, a mãe conta a história do pequeno senhor tartaruga, que realiza uma perigosa jornada em busca da realização de um sonho.

Se você está com SOLUÇOS:

O SOLUÇO DO SR. ZEBRA de David McKee. Editora: Martins Fontes.
O Sr. Zebra vai passear e fica com soluços... coisa mais deselegante!
 Cada amigo aponta uma solução (nada elegante)e ele não quer nem saber... até que suas listas começam a ficar esquisitas. Aí não tem jeito... precisa encontrar urgente um jeito de acabar com o soluço.

Se você QUEBROU alguma parte do corpo:
ZUZA, A ZEBRA de Kes Gray e Mary McQuillian. Coleção Amigos do Saracura. Editora: Salamandra.


 Enquanto cuida de seus doentinhos com seus remédios e curativos, a enfermeira Mordisquinhas conta como Zuza, a Zebra, é tão nervosa que acabou quebrando o tornozelo. Com os pop-ups divertidos.

MOMO, O MACACO. de Kes Gray e Mary McQuillian. Coleção Amigos do Saracura. Editora: Salamandra.

É a história de um primata levado que, do alto galho de uma árvore, derruba frutas na cabeça de outros animais. Para fugir, ele se prende a um cipó verde, que na verdade é uma cobra, e o derruba com toda força... Pop-ups muito engraçados.


Se você CAIU NO CHÃO, RALOU O JOELHO, TEVE INSOLAÇÃO, DIARREIA:

MINI LAROUSSE DOS DODOIS de Benoit Delalandre e ilustrações de Clément Devaux. Editora:Escala Educacional. Quem nunca na vida caiu no chão e ralou o joelho? Ou brincou na praia o dia inteiro e saiu com o nariz vermelho? Quem jamais sentiu choque no cotovelo? Ou passou a tarde inteira no banheiro? Dodóis não são confortáveis. Eles incomodam, atrapalham a brincadeira, nos fazem chorar. Mas também não são tão complicados assim, e, às vezes, basta um carinho da mamãe ou uma passadinha no doutor para a lágrima secar. Descubra nesta deliciosa leitura que, sim!, os dodóis fazem parte da nossa vida, mas com cuidados simples podemos lidar muito bem com eles.


Vou complementar a lista, assim que a gente for lendo mais sobre o assunto. Espero ter ajudado a aliviar a dor de algumas crianças! Beijocas, se cuidem e melhoras pra todos!